acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Eletricidade

Térmicas poderão ser ligadas no Nordeste, diz ONS

04/09/2013 | 11h03

 

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema, Hermes Chipp, poderá sugerir nesta quarta-feira (4), na reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, que as usinas térmicas do Nordeste sejam ligadas, uma vez que os reservatórios da região estão em 37%, nível considerado baixo.
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, por su vez, disse que acompanha a situação do Nordeste há muito tempo, com todo cuidado. Ele explicou que em ocasiões anteriores térmicas foram desligadas.
"Eu mesmo disse que se fosse necessário religar uma térmica, nós faríamos. Gostaria que não fosse necessário, mas, se for, faremos", disse.
Participando do Brazil Wind Power, evento sobre energia eólica que acontece no Rio de Janeiro, ele disse ainda que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) continua investigando a queimada numa fazendo no Piauí para apurar responsabilidades.
O diretor da Aneel, Romeu Rufino, disse que a agência enviou um alerta a todas as concessionárias de transmissão de energia do país para que façam a limpeza da faixa de terra que fica sob a rede que administram.
A medida foi adotada para evitar que incêndios na vegetação possam trazer risco à fiação e provocar apagões, como o que atingiu a região Nordeste na quarta (28). Rufino também afirmou que a Aneel já tem certeza que desligamento foi causado por uma queimada que atingiu a rede de transmissão no interior do Piauí.
Multa
O diretor-geral da Aneel afirmou que já foi aberto processo para investigar o acidente que provocou o apagão da semana passada. E que, independente do que causou o incêndio, as empresas serão responsabilizadas porque é dever delas manter a faixa de servidão limpa.
Taesa e Ienne devem ser multadas e, o valor da multa, vai ser definido pela agência com base na gravidade do problema. Há, porém, um limite imposto por lei à punição, que é de 2% do faturamento anual da empresa.

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema, Hermes Chipp, poderá sugerir nesta quarta-feira (4), na reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, que as usinas térmicas do Nordeste sejam ligadas, uma vez que os reservatórios da região estão em 37%, nível considerado baixo.


O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, por su vez, disse que acompanha a situação do Nordeste há muito tempo, com todo cuidado. Ele explicou que em ocasiões anteriores térmicas foram desligadas."Eu mesmo disse que se fosse necessário religar uma térmica, nós faríamos. Gostaria que não fosse necessário, mas, se for, faremos", disse.


Participando do Brazil Wind Power, evento sobre energia eólica que acontece no Rio de Janeiro, ele disse ainda que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) continua investigando a queimada numa fazendo no Piauí para apurar responsabilidades.


O diretor da Aneel, Romeu Rufino, disse que a agência enviou um alerta a todas as concessionárias de transmissão de energia do país para que façam a limpeza da faixa de terra que fica sob a rede que administram.


A medida foi adotada para evitar que incêndios na vegetação possam trazer risco à fiação e provocar apagões, como o que atingiu a região Nordeste na quarta (28). Rufino também afirmou que a Aneel já tem certeza que desligamento foi causado por uma queimada que atingiu a rede de transmissão no interior do Piauí.



Multa


O diretor-geral da Aneel afirmou que já foi aberto processo para investigar o acidente que provocou o apagão da semana passada. E que, independente do que causou o incêndio, as empresas serão responsabilizadas porque é dever delas manter a faixa de servidão limpa.


Taesa e Ienne devem ser multadas e, o valor da multa, vai ser definido pela agência com base na gravidade do problema. Há, porém, um limite imposto por lei à punição, que é de 2% do faturamento anual da empresa.



Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar