acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Financiamento

Recursos para estocagem de etanol devem demorar mais 2 meses

26/01/2012 | 12h33
O diretor do Departamento de Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia (MME), Ricardo de Gusmão Dornelles, afirmou que a linha de financiamento dos estoques de etanol, já objeto de medida provisória, passa neste momento pelos trâmites burocráticos no governo e devem demorar, pelo menos, mais dois meses para entrar em operação.

No fim de dezembro, o governo editou Medida Provisória pela qual criou linha de financiamento para estocagem de etanol a juros e condições mais acessíveis às usinas. A medida integrou um pacote que incluiu também no início de janeiro o lançamento do ProRenova, um programa de financiamento via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 4 bilhões para renovação e expansão de canaviais.

“Esperamos que esse recurso esteja disponível ao tomador na hora que ele precisar, apesar das burocracias bancárias, tais como pedido de garantias, cadastro, etc”, diz Dornelles.

Ele reitera que o governo ainda estuda medidas de alívio tributário para a produção de etanol. Entre elas, a redução da alíquota do imposto de renda das usinas e crédito presumido de PIS Cofins para o biocombustível.


Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar