Descarbonização

Fundo de Descarbonização da Petrobras aferece novas oportunidades de negócio ao mercado

Fundo de Descarbonização da Petrobras vai direcionar recursos para instalação de usinas fotovoltaicas em refinarias. Total de oportunidades financiadas pelo fundo já alcança potencial de reduzir emissão superior a 1,5 milhão de toneladas de CO2 por ano

Redação TN Petróleo, Agência Petrobras
19/04/2024 15:32
Fundo de Descarbonização da Petrobras aferece novas oportunidades de negócio ao mercado Imagem: Divulgação Visualizações: 1138 (0) (0) (0) (0)

O Fundo de Descarbonização da Petrobras vai direcionar recursos para implementação de usinas fotovoltaicas nas refinarias Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais, Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco, e Paulínia (Replan), em São Paulo. Essas oportunidades de descarbonização passam a integrar a carteira de 33 projetos atualmente financiados pelo Fundo, que, juntos, têm capacidade de reduzir a emissão em 1,52 milhão de toneladas de CO2 por ano, ou seja, equivalente às emissões operacionais de toda uma refinaria. A capacidade total estimada das 3 plantas será da ordem de 48MW, com partida prevista para 2025.

“A instalação de usinas fotovoltaicas integradas ao sistema de geração de refinarias permite a melhoria da integração e confiabilidade operacional, reduzindo o consumo de gás e, consequentemente, as emissões de gases de efeito estufa (GEE), em linha com o planejamento estratégico da empresa para uma transição energética justa”, diz o diretor de Processos Industriais e Produtos, William França da Silva.

Os investimentos aprovados por meio da carteira do Fundo de Descarbonização alcançam todas as áreas de negócio da companhia e impulsionam a capacidade da Petrobras de neutralizar as emissões operacionais até 2050. “A Petrobras é uma grande consumidora de energia, o que é uma alavanca importante para a nossa ambição de avançarmos, nos próximos anos, em projetos de geração renovável de grande materialidade, buscando aliar projetos rentáveis com a progressiva descarbonização das nossas atividades e dos nossos produtos”, afirma o diretor de Transição Energética e Sustentabilidade da Petrobras, Maurício Tolmasquim.

Fundo de Descarbonização

O Fundo de Descarbonização da Petrobras foi criado para apoiar ações de descarbonização das operações da empresa nos segmentos de exploração e produção, refino, gás e energia e logística. Conta, atualmente, com a disponibilidade orçamentária de US$ 1 bilhão no quinquênio 2024-2028. A Petrobras tem o compromisso de reduzir suas emissões operacionais totais em 30% até 2030 (em comparação com 2015) e, no longo prazo, a ambição de neutralizar suas emissões operacionais de gases do efeito estufa até 2050 e influenciar parceiros a atingirem essa ambição.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

20