acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
16º Leilão

Primeiro leilão para mistura do B5 vende 575 milhões de litros

18/11/2009 | 08h22
Primeiro leilão para mistura do B5 vende 575 milhões de litros
Primeiro leilão para mistura do B5 vende 575 milhões de ... Primeiro leilão para mistura do B5 vende 575 milhões de ...
O primeiro leilão realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Bicombustíveis (ANP) para atender à mistura B5 (5% de biodiesel adicionado ao diesel mineral, que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2010), nessa terça-feira (17) no Rio de Janeiro, conseguiu vender 575 milhões de litros do produto.


Foi o 16º leilão realizado pela ANP desde o início da adoção da mistura e contou com a participação de 40 unidades produtoras. O preço de referência foi de R$ 2,35 por litro e o preço médio ponderado foi de R$ 2,33 para os 575 milhões de litros oferecidos, representando deságio médio de 1%.


O leilão teve a participação de produtores de 15 estados brasileiros. A Região Centro-Oeste teve o maior volume arrematado: cerca de 244 milhões de litros de biodiesel. A Região Sul ficou em segundo lugar, com 132 milhões de litros, seguida das regiões Sudeste (110 milhões de litros), Nordeste (65 milhões de litros) e Norte (24 milhões de litros), em valores aproximados.


Segundo a ANP, das 40 empresas vencedoras, a Granol foi a que ofereceu o maior volume de biodiesel: 80 milhões de litros, sendo 44,1 milhões  da unidade produtora de Anápolis (GO) e 35,9 milhões de Cachoeira do Sul (RS).


Participaram das ofertas para o primeiro lote somente produtores de biodiesel autorizados pela ANP a exercer a atividade de produção e de comercialização, detentores do Registro Especial da Secretaria da Receita Federal e do Selo Combustível Social. O segundo lote foi destinado a produtores que preenchem todos os requisitos exigidos para o primeiro lote, com exceção do Selo Combustível Social.


O leilão começou às 9h, na Confederação Nacional do Comércio (CNC), no centro do Rio, e adotou a modalidade pregão, na forma presencial. O produto deverá ser entregue de janeiro a março de 2010, à Petrobras e à Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), compradoras dos 575 milhões de litros licitados.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar