acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Preços

Petróleo opera em baixa, com expectativa de que Opep eleve oferta

21/06/2018 | 10h07

O petróleo opera em queda na manhã desta quinta-feira, diante de sinais de que uma reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e de nações aliadas, como a Rússia, resultará em um acordo para elevar a produção. A Opep realiza sua reunião semestral nesta sexta-feira em Viena.

Às 7h52 (de Brasília), o petróleo WTI para agosto caía 1,48%, a US$ 64,74 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para agosto recuava 1,61%, a US$ 73,55 o barril, na ICE.

O economista de commodities Tom Pugh, da Capital Economics, afirma que a alta na produção da Opep, as disputas comerciais e preocupações com a demanda pesam sobre os preços, após o Brent chegar a bater em US$ 80 o barril há um mês.

Parece provável que a Opep e as outras nações cheguem a um consenso para elevar a produção, o que pressiona os preços, apontam analistas. "Parece que o Irã e outros membros da Opep admitem que há algum tipo de acordo e que será melhor concordar com uma modesta alta na produção do que o fim do acordo", apontou Pugh.

Mais cedo, o ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, afirmou estar otimista de que haverá consenso para elevar a produção. Segundo ele, o quanto será aumentada a oferta depende ainda de um consenso.

"Os principais atores - Arábia Saudita e Rússia - já começaram a elevar sua produção", afirmou Eric Lascelles, economista-chefe da RBC Global Asset Management. Segundo ele, deve haver aumento da oferta independentemente do resultado da reunião.

Além disso, preocupações sobre uma guerra comercial entre os EUA e a China têm aumentado. Analistas dizem que isso poderia prejudicar o crescimento global, consequentemente prejudicando a demanda por petróleo.



Fonte: Dow Jones Newswires, 21/06/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar