acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
IPO

Petroleira espanhola Cepsa adia IPO por incertezas nos mercados

15/10/2018 | 17h42

A empresa espanhola Cepsa adiou nesta segunda-feira o que seria a maior listagem de uma petroleira em uma década, na mais recente oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) a sucumbir à liquidação global nos mercados acionários.

A proprietária da Cepsa, a investidora estatal Mubadala, de Abu Dhabi, planejava arrecadar cerca de 2 bilhões de euros (2,3 bilhões de dólares) na venda de 25 por cento da companhia.

Os mercados estão agitados pela ansiedade sobre os efeitos da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, a saída do Reino Unido da União Europeia, uma lentidão da economia global e taxas de juro mais altas nos EUA.

O índice acionário espanhol IBEX registrou sua maior queda semanal desde fevereiro no fechamento de sexta-feira, e permanece em mínimas de dois anos.

"Os desdobramentos mais recentes na economia internacional semearam uma incerteza considerável nos mercados internacionais de capital", disse a Cepsa em comunicado.

"Neste cenário, o apetite de investidores internacionais retraiu significativamente, junto com a vontade deles de participar em listagens na bolsa de valores como a que a Cepsa estava fazendo", disse a empresa.

Mubadala irá considerar retornar ao mercado de ações quando as condições se tornarem mais favoráveis, disse Musabbeh Al Kaabi, presidente-executivo da plataforma de petróleo e petroquímicos da Mubadala, acrescentou a petroleira.

O IPO da Cepsa seria o maior feito por uma companhia de petróleo desde o realizado pela brasileira OGX Petróleo e Gás (atual Dommo Energia), em 2008.



Fonte: Reuters, 15/10/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar