acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Petrobras explica reajuste automático do preço dos combustíveis

30/10/2013 | 11h03

 

A Petrobras esclareceu nesta quarta-feira (30) que sua metodologia de precificação dos combustíveis, aprovada pela diretoria-executiva, contempla reajuste automático do preço do diesel e da gasolina em periodicidade a ser definida antes de sua implantação. A empresa explica que os valores serão baseados em variáveis como o preço de referência desses derivados no mercado internacional, taxa de câmbio e ponderação associada à origem do derivado vendido, se refinado no Brasil ou importado.
Também está previsto mecanismo que impede o repasse da volatilidade dos preços internacionais ao consumidor doméstico.
Em sua nota, a companhia reafirma que a metodologia foi aprovada pela Diretoria e apresentada ao Conselho de Administração, o qual solicitou estudos adicionais, ora em elaboração.
A empresa reitera que o fato relevante em si se refere à introdução de uma fórmula de precificação do diesel e da gasolina que dê maior previsibilidade à geração de caixa e redução dos índices de alavancagem da companhia.

A Petrobras esclareceu nesta quarta-feira (30) que sua metodologia de precificação dos combustíveis, aprovada pela diretoria-executiva, contempla reajuste automático do preço do diesel e da gasolina em periodicidade a ser definida antes de sua implantação. A empresa explica que os valores serão baseados em variáveis como o preço de referência desses derivados no mercado internacional, taxa de câmbio e ponderação associada à origem do derivado vendido, se refinado no Brasil ou importado.

Também está previsto mecanismo que impede o repasse da volatilidade dos preços internacionais ao consumidor doméstico.

Em sua nota, a companhia reafirma que a metodologia foi aprovada pela Diretoria e apresentada ao Conselho de Administração, o qual solicitou estudos adicionais, ora em elaboração.

A empresa reitera que o fato relevante em si se refere à introdução de uma fórmula de precificação do diesel e da gasolina que dê maior previsibilidade à geração de caixa e redução dos índices de alavancagem da companhia.

 



Fonte: Revista TN Petróleo/ Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar