acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Petrobras Biocombustível completa dois anos

16/07/2010 | 10h42
Criada em 15 de julho de 2008, a Petrobras Biocombustível começou como produtora de biodiesel, e ao longo desses dois anos, ampliou sua atuação neste segmento e entrou na produção de etanol por meio de parcerias com empresas do setor. Atualmente, a subsidiária está presente em diferentes regiões, de Norte a Sul do Brasil, além de iniciar projetos no exterior, em Portugal e Moçambique.

 

No segmento de biodiesel, a empresa atingiu a produção acumulada de 242 milhões de litros, resultante das atividades das três usinas em Candeias (BA), Quixadá (CE) e Montes Claros (MG), além da unidade de Marialva (PR), na qual tem participação. A Petrobras Biocombustível chegará ao final deste ano, concluída a duplicação de Candeias e adaptada a usina de Guamaré (RN), com capacidade instalada de produção quase triplicada, passando de 171 milhões para 507 milhões de litros/ano. Também foram iniciados projetos no Estado do Pará para produzir biodiesel a partir da palma, voltado para atender à região Norte do País, bem como atender a produção de biodiesel na Europa.

 

Na avaliação do presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, em dois anos o balanço é positivo. “Passamos de três usinas, na criação da empresa, para 14 unidades de biodiesel e etanol, contando as participações. E começamos a internacionalizar nossas ações com usinas em Portugal e Moçambique. Conforme definido no Plano de Negócios, vamos continuar a ampliar nossa presença no mercado brasileiro e no exterior, respondendo às demandas do século XXI por fontes renováveis de energia”, ressaltou Rossetto.

 

Nesses dois anos, a empresa desenvolveu seu programa de Suprimento Agrícola para as usinas de biodiesel. Hoje são 56 mil agricultores familiares contratados no Nordeste, Minas Gerais e Paraná. Também serão envolvidos produtores de palma no Norte do País para os projetos de biodiesel no Estado do Pará.  Na área tecnológica, a empresa vem constituindo redes de pesquisa e investe em tecnologia para aumentar a produção e a produtividade das oleaginosas.

 

Em abril deste ano, a empresa produziu o primeiro etanol Petrobras a partir da usina de Bambuí, em Minas Gerais. Neste setor, foram firmadas parcerias com empresas do setor, como a Guarani, com unidades em São Paulo e Moçambique, o Grupo São Martinho, em Goiás, e a Total Agroindústria Canavieira, em Minas Gerais. Com isso, a Petrobras Biocombustível tem hoje participação em capacidade de moagem superior a 24 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, com capacidade para produzir mais de 900 milhões de litros de etanol/ano.


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar