acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Órgão russo tem como alvo acordo de acionistas da TNK-BP

06/06/2012 | 16h21
Um documento confidencial no centro da disputa da petrolífera BP com seus parceiros na companhia de petróleo russa TNK-BP pode se tornar público em alterações legais acordadas pelo órgão de fiscalização de competição da Rússia, disse uma autoridade do órgão à 'Reuters' nesta quarta-feira (6).

A BP e o consórcio AAR, de quatro magnatas nascidos na União Soviética, que detêm o controle da terceira maior produtora de petróleo russa, têm trocado acusações de violarem o acordo de acionistas em uma disputa que levou a parceria à beira do abismo, e a companhia britânica colocou então o ativo à venda.

O Serviço Federal Anti-Monopólio da Rússia (SFA) propôs que os acordos de acionistas, como o pacto entre a BP e seus parceiros russos na TNK-BP, de 2003, pode vir à público sob emendas legislativas acordadas pelo SFA, disse o vice-diretor da agência, Anatoly Golomolzin.

Ele afirmou que as emendas foram acordadas após uma reclamação da Rosneft, depois de o acordo entre as companhias de exploração do Ártico chegar a um colapso no ano passado, diante da oposição de seus parceiros russos.

A Rosneft apelou ao órgão que fiscaliza a competição após o acordo ter falhado, disse ele.

"No ano passado houve uma situação relacionada ao fato de que o acordo não pode ocorrer, o acordo da BP com a Rosneft, e ficou claro que isso estava relacionado ao acordo de acionistas", disse à 'Reuters' o vice-diretor do Serviço Federal Anti-Monopólio.

"Desde o ano passado temos analisado o acordo e concordamos com emendas à lei exigindo a publicação de tais acordos".

Os porta-vozes da Rosneft e da TNK-BP se recusaram a comentar. Um porta-voz da AAR não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

Uma porta-voz do SFA disse que não estava claro quando o órgão realizaria sua proposta sobre a queixa da Rosneft.


Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar