acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bacia de Campos

OGX anuncia que foi constatada a presença de óleo no bloco BM-C-43

07/10/2009 | 11h38
A OGX Petróleo e Gás Participações S.A., maior companhia privada brasileira do setor de petróleo e gás natural em termos de área marítima de exploração, informou hoje ao mercado que foi constatada a presença de óleo no poço 1-OGX -1-RJS, localizado no bloco BM-C-43, em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos. A OGX detém 100% de participação neste bloco.

 

“O Brasil é o país do presente e a OGX a prova de que vale a pena apostar na competência dos brasileiros e na riqueza e abundância dos nossos recursos naturais. Esses recentes sucessos vão pavimentar o caminho do nosso robusto crescimento econômico e igualdade social. Viva o Brasil!”, comentou Eike Batista, acionista controlador e Presidente do Conselho de Administração da OGX.

 

“OGX-1 representa o começo de uma campanha exploratória altamente promissora. O sucesso deste poço confirma nossas expectativas positivas no grande potencial petrolífero da parte sul da Bacia de Campos e abre caminhos para revelar o complexo Vesúvio e demais objetivos em nossos blocos”, comentou Paulo Mendonça, Diretor Geral da OGX. “A criação de uma companhia de petróleo que em apenas dois anos iniciou seu processo de descoberta representa um marco na indústria e só foi possível com a motivação e talento de uma equipe diferenciada”, adicionou Mendonça.

 

O poço OGX-1 encontra-se em perfuração e novos objetivos deverão ser atingidos. Até o presente momento já se perfurou uma coluna de hidrocarboneto superior a 100 metros com uma espessura porosa em torno de 40 metros, que ostenta excelentes condições de permo-porosidade.

 

O poço, localizado no bloco BM-C-43, se situa a aproximadamente 85 km da costa do estado do Rio de Janeiro, onde a lâmina d’água é de aproximadamente 140 metros. A sonda Ocean Ambassador, fornecida pela Diamond Offshore, iniciou as atividades de perfuração no dia 17 de setembro de 2009.

 

Campanha Exploratória

A perfuração no bloco BM-C-43 é a primeira em que a OGX é a operadora. Além desta, está em andamento a perfuração do bloco BM-S-29, na Bacia de Santos, em que a dinamarquesa Maersk opera (a OGX possui 65% de participação). No último dia 2 de outubro, a OGX anunciou que foram encontrados indícios de hidrocarboneto neste poço.

 

Até o final do ano, a OGX estimar perfurar seis poços exploratórios, número que deverá passar de 50 até 2012. Para a sua campanha exploratória, a empresa já tem contratadas quatro sondas de perfuração, junto à Diamond Offshore e à Pride, sete embarcações de apoio e dois helicópteros. A OGX possui cerca de US$ 4 bilhões em caixa para investimentos em exploração, produção e novos negócios. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar