acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pessoas

Munhoz Neto assume comando da Copel

25/11/2010 | 10h00
O engenheiro Raul Munhoz Neto, diretor de Geração e Transmissão de energia e de Telecomunicações, vai responder provisoriamente pela presidência da Copel, até que seja decidido o nome do substituto de Ronald Thadeu Ravedutti, executivo que morreu na manhã de ontem em acidente de automóvel em Campina Grande do Sul (PR), a poucos quilômetros de Curitiba. Munhoz Neto, funcionário de carreira da estatal, foi escolhido em reunião da diretoria executiva da empresa.


Ravedutti, que tinha 60 anos de idade, retornava de São Paulo, onde havia participado do Seminário Nacional de Distribuição de energia e de premiação de equipes de eletricistas da empresa, que conquistaram os dois primeiros lugares no Rodeio Nacional de Eletricistas. Junto com ele viajavam o motorista e um fotógrafo, que sofreram ferimentos leves.


Economista, Ravedutti acumulava 40 anos de trabalho na Copel e foi diretor Financeiro e de Relações com os Investidores, diretor de Gestão Corporativa e diretor de Distribuição. Assumiu a presidência em abril e estava empenhado em vencer leilões e promover o crescimento da estatal de energia dentro e fora do Paraná.


Em nota, a diretoria executiva disse que "certamente era ele um dos mais empolgados e dinâmicos dos quase 9 mil copelianos que emprestam à empresa seu talento e conhecimento". E acrescenta que "era esse o seu estilo, de participar ativamente de tudo o que dissesse respeito à Copel".


Na breve gestão de Ravedutti, a companhia conquistou em leilão linha de transmissão e uma subestação a serem construídas em São Paulo e uma usina hidrelétrica a ser erguida no Norte de Mato Grosso.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar