acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia elétrica

Lotes menores para aumentar atratividade de leilões de transmissão

06/01/2016 | 13h22

O ministro interino de Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, disse ontem dia 5 que o governo deve priorizar em 2016 leilões de transmissão de energia com lotes menores, para melhorar a atratividade dos certames. “Não é nossa intenção fazer um mega leilão de transmissão, vamos fazer leilões com menos lotes do que vínhamos fazendo”, disse.

Segundo Barata, o leilão que já está em audiência pública na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) será reestudado. “Esse leilão será reduzido, não será com todos aqueles lotes. Nós vamos fazer uma análise criteriosa dos lotes que são mais importantes, de modo a aumentar a efetividade do leilão”, disse. A minuta do edital do leilão de transmissão apresentada pela Aneel prevê 26 lotes, com empreendimentos em 17 estados. De acordo com Barata, todos os lotes serão licitados ao longo de 2016, mas não de uma única vez.

Barata disse também que o Ministério de Minas e Energia tem trabalhado para atrair empresas estrangeiras para investirem no Brasil. Segundo ele, o ministro Eduardo Braga foi aos Estados Unidos e à Rússia apresentar o Programa de Investimentos em Energia Elétrica e o Ministério do Planejamento tem feito road shows com investidores de outros países. “A receptividade dos estrangeiros tem sido boa, mas entendemos que leva um tempo até que essa receptividade se transforme efetivamente em participação em leilões”.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar