acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Leilão da hidrelétrica de Três Irmãos será em janeiro de 2014

30/09/2013 | 14h57

 

O leilão da hidrelétrica de Três Irmãos está marcado para 31 de janeiro de 2014. A informação está contida na portaria número 333 do Ministério de Minas e Energia (MME), publicada nesta segunda-feira (30), no Diário Oficial da União (DOU). O leilão estava previsto inicialmente para ocorrer em setembro deste ano.
Segundo o MME, o leilão será realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e conterá um único lote, composto da concessão da hidrelétrica, de 807,5 megawatts (MW) de capacidade instalada e garantia física de 217,5 MW médios. A energia será alocada em cotas de garantia física.
O MME determinou na portaria que o edital do leilão inclua dispositivos para garantir a continuidade da prestação dos serviços de geração de energia da hidrelétrica.
“Com vistas a garantir a continuidade da prestação dos serviços de geração de energia elétrica, o vencedor da licitação deverá assegurar que a operação da UHE Três Irmãos seja realizada, preferencialmente, por trabalhadores que exerçam suas funções no referido empreendimento, bem como envidar esforços para a manutenção dos empregos vinculados à Usina, nos termos previstos no Edital do Leilão”, informou a portaria, assinada pelo ministro Edison Lobão.
Três Irmãos será a primeira usina cuja concessão será licitada novamente após o término do período de contrato. Dona do empreendimento, a estatal paulista Cesp não aderiu à proposta de prorrogação onerosa da concessão da hidrelétrica.

O leilão da hidrelétrica de Três Irmãos está marcado para 31 de janeiro de 2014. A informação está contida na portaria número 333 do Ministério de Minas e Energia (MME), publicada nesta segunda-feira (30), no Diário Oficial da União (DOU). O leilão estava previsto inicialmente para ocorrer em setembro deste ano.


Segundo o MME, o leilão será realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e conterá um único lote, composto da concessão da hidrelétrica, de 807,5 megawatts (MW) de capacidade instalada e garantia física de 217,5 MW médios. A energia será alocada em cotas de garantia física.


O MME determinou na portaria que o edital do leilão inclua dispositivos para garantir a continuidade da prestação dos serviços de geração de energia da hidrelétrica.


“Com vistas a garantir a continuidade da prestação dos serviços de geração de energia elétrica, o vencedor da licitação deverá assegurar que a operação da UHE Três Irmãos seja realizada, preferencialmente, por trabalhadores que exerçam suas funções no referido empreendimento, bem como envidar esforços para a manutenção dos empregos vinculados à Usina, nos termos previstos no Edital do Leilão”, informou a portaria, assinada pelo ministro Edison Lobão.


Três Irmãos será a primeira usina cuja concessão será licitada novamente após o término do período de contrato. Dona do empreendimento, a estatal paulista Cesp não aderiu à proposta de prorrogação onerosa da concessão da hidrelétrica.

 



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar