acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Macaé

Infraero inaugura novo Aeroporto de Macaé

13/03/2019 | 17h54

A Infraero inaugurou na manhã da última terça-feira (12) o novo terminal de passageiros do Aeroporto de Macaé. Nos últimos anos, o complexo aeroportuário macaense recebeu investimentos de aproximadamente R$ 90 milhões, sendo R$ 64 milhões nas obras do terminal de passageiros e R$ 26 milhões nas obras de recuperação da pista de pousos e decolagens e taxiways.

O evento contou com a presença do secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, da secretária-Executiva Adjunta do Ministério da Infraestrutura, Viviane Esse, da presidente da Infraero Martha Seillier, do secretário de Estado de Mobilidade, Brigadeiro Robson Fernandes Ramos, do prefeito de Macaé, Dr. Aluízio, deputados, vereadores, além de empresários locais.

Com a conclusão dos trabalhos, conduzidos pela SIAL Construções Civis Ltda, o novo terminal de passageiros passou a ter área de 10,2 mil m², quase 20 vezes maior que o espaço antigo, que contava com 540 m². Com isso, a capacidade de processamento de passageiros também foi ampliada em seis vezes, ou seja, agora podem ser recebidos até 2,1 milhões de passageiros por ano ante os 200 mil anteriores à ampliação.

"O novo Aeroporto de Macaé vai ajudar a cidade a desenvolver seu potencial no segmento do transporte aéreo. Com as novas instalações, as empresas aéreas terão uma infraestrutura capaz de atender a demanda local, principalmente de voos offshore, com excelência em conforto e segurança", avaliou a presidente da Infraero, Martha Seillier.

O novo terminal de passageiros proporciona mais conforto e segurança para passageiros e usuários: as instalações passaram a ser climatizadas e contam com uma praça de alimentação, além de novas esteiras de bagagens no embarque e desembarque, dez novos balcões de check-in e um estacionamento de veículos ampliado, que passou de 78 para 483 vagas.

Já as obras de recuperação e adequação da pista de pousos e decolagens estiveram sob responsabilidade da Conserva de Estradas Ltda. Os serviços também incluíram a pavimentação dos acostamentos da pista, a implantação do sistema de drenagem, balizamento noturno, sinalização horizontal e sinalização vertical. Com o fim da obra, o aeroporto poderá receber voos comerciais regulares das empresas interessadas em operar na cidade.

Autoridades conheceram de perto a nova pista do Aeroporto de Macaé, que passou a ter 1200 metros de comprimento – Wanderley Gil

Para o superintendente do aeroporto, Wagner Martins Chaves, com a entrega das obras, "Macaé contará finalmente com um aeroporto que possui uma pista de pouso e decolagem e um terminal de passageiros condizente com a demanda da cidade, que poderá receber aeronaves como o ATR-72". O gestor explica ainda que as obras de recuperação da pista de pouso e decolagem vão "fomentar a economia e o turismo locais", acrescentou.

Histórico

A cidade de Macaé tem seu histórico de desenvolvimento ligado diretamente à descoberta de petróleo pela Petrobras na Bacia de Campos, na década de 1970. Esse fato foi fundamental para todo o crescimento do município que viu em seu aeroporto a principal base de apoio à exploração de petróleo nacional. Com a crescente demanda local, o Aeroporto de Macaé, fundado em dezembro de 1981, passou a ser administrado pela Infraero em janeiro de 1982, quando foram construídos um pátio de aeronaves e um terminal de passageiros.

A partir de 1983 a Petrobras instalou na cidade de Macaé a sua base de apoio para as atividades offshore, nas plataformas marítimas e o movimento no aeroporto teve um grande crescimento, chegando a dobrar o número de passageiros. Desde então, todo o histórico de desenvolvimento do Aeroporto de Macaé está intimamente ligado à Bacia de Campos.

O aeroporto é o mais próximo da Bacia de Campos e tem suas atividades ligadas principalmente ao apoio à exploração de petróleo nacional. Com sua localização privilegiada recebe diariamente helicópteros vindos de plataformas localizadas ao longo de toda bacia.



Fonte: O Debate, 13/03/2019
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar