acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

IMPSA construirá central de geração eólica na Província de Santa Cruz

23/01/2012 | 18h30
A IMPSA, multinacional que investe em energia limpa, por meio de sua subsidiária Eólica Koluel Kayke S.A., irá construir uma central de geração de energia eólica, na Província de Santa Cruz. O projeto, denominado Koluel Kayke II, terá capacidade de 25MW e contará com 12 aerogeradores com tecnologia desenvolvida pela IMPSA. A empresa obteve a aprovação de um financiamento a longo prazo pela Corporação Andina de Promoção (CAF) e pelo Banco de Investimento e Comércio Exterior (BICE).

O investimento será no valor de U$ 81 milhões, dos quais U$ 52 milhões serão fornecidos pela CAF e pelo BICE, conjuntamente, em um empréstimo de 10 anos. A IMPSA, por sua parte, fornecerá um capital de U$ 29 milhões, para a execução do projeto.

O financiamento será estruturado sob um esquema de “Project Finance”, no qual se combinará o capital do investidor e os fundos das entidades financeiras. O reembolso virá dos fluxos dos fundos provenientes da venda de energia à ENARSA, sob um contrato de venda de energia com um prazo de 15 anos. O projeto conta com um sólido esquema de seguros, garantias tecnológicas e do próprio investidor em relação ao Contrato da Obra.

As etapas de engenharia, estudos de solo e planificação da obra já estão completas. Também está adiantada a compra de insumos e componentes para fazer com que o parque comece a funcionar em até 14 meses.

Este acontecimento fornece a consolidação dos objetivos do Programa Geração Renovável (GenRen), dirigido pelo Ministério do Planejamento através da Secretaria de Energia, e seu executor ENARSA. O Programa estabeleceu um marco para o desenvolvimento das energias limpas na Argentina. Desta maneira, contribui-se com o objetivo da Lei 26.190 que consiste em que 8% da matriz energética nacional provenha de fontes renováveis para o ano de 2016.

A IMPSA, através da sua unidade IMPSA Energy, tornou-se o maior investidor em projetos de geração eólica na América Latina. Já conta com 322 MW em operação no Brasil, onde também tem 600 MW de contratos de compra e venda de energia firmados e em etapas de construção e financiamento. No Uruguai são 65 MW em fase de financiamento. Por outra parte a companhia está prestes a firmar o financiamento para o parque Malaspina I, de 50 MW, na Província de Chubut, além de estar avançando na estruturação financeira para os parques de Koluel Kayke I, em Santa Cruz, e Malaspina II, em Chubut.

A IMPSA fornece para a Província de La Rioja 25 MW; para Santiago Del Estero está fornecendo 10 MW e 180 MW para a Companhia Hidrelétrica do São Francisco, CHESF, no Brasil.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar