acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bacia de Campos

Ibama concede licença ambiental a Repsol para BM-C-33

11/11/2013 | 10h24
Ibama concede licença ambiental a Repsol para BM-C-33
TN Petróleo TN Petróleo

 

Ibama concede licença ambiental a Repsol para novo bloco
O Instituto Brasileiro  do Meio Ambiente (Ibama) expediu na última sexta-feira (8) permissão à empresa hispânico-chinesa Repsol Sinopec para extrair petróleo no bloco marítimo BM-C-33, que contém grandes reservas de petróleo no Oceano Atlântico.
A licença ambiental está condicionada a que a companhia cumpra os requisitos previstos no contrato, entre eles a proibição de queimar resíduos ao ar livre ou a perfuração de corais ou algas, segundo um comunicado do Ibama.
O bloco BM-C-33, em águas profundas da Bacia de Campos, contém reservas estimadas de mais de 700 milhões de barris de petróleo e três trilhões de pés cúbicos (tcf) de gás, equivalentes a 545 milhões de barris de petróleo.
A Repsol Sinopec opera estas concessões com 35% de participação e conta com Statoil (35%) e Petrobras (30%) como sócias. 

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) expediu na última sexta-feira (8) permissão à empresa hispânico-chinesa Repsol Sinopec para extrair petróleo no bloco marítimo BM-C-33, que contém grandes reservas de petróleo no Oceano Atlântico.

A licença ambiental está condicionada a que a companhia cumpra os requisitos previstos no contrato, entre eles a proibição de queimar resíduos ao ar livre ou a perfuração de corais ou algas, segundo um comunicado do Ibama.

“Daremos início ao plano de avaliação do bloco. O primeiro poço que iremos perfurar será o Seat 2, depois perfuraremos o Pão de Açúcar 2. Em ambos realizaremos um DST (procedimento para testar a pressão, a permeabilidade e a capacidade de produção de um poço). O terceiro dependerá da análise da sísmica em 3D que realizamos na érea este ano e dos resultados dos dois primeiros poços de avaliação”, explica Mariano González, diretor do Projeto BM-C-33 da Repsol Sinopec Brasil.

O bloco BM-C-33, em águas profundas da Bacia de Campos, contém reservas estimadas de mais de 700 milhões de barris de petróleo e três trilhões de pés cúbicos (tcf) de gás, equivalentes a 545 milhões de barris de petróleo.

A Repsol Sinopec opera estas concessões com 35% de participação e conta com Statoil (35%) e Petrobras (30%) como sócias. 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar