acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Gasmig e Bosch apresentam picape com tecnologia Dual Fuel: Diesel + GNV

26/04/2016 | 12h54

Representantes da multinacional alemã Bosch fizeram uma visita à GASMIG para apresentar uma caminhonete adaptada com sua pioneira tecnologia Dual Fuel, que utiliza de forma inteligente e, de acordo com a necessidade, os combustíveis Diesel e GNV. A picape ainda está em fase de avaliação, mas tem rodado por todo o Brasil realizando testes e divulgando a nova tecnologia para potenciais clientes e parceiros.

Diferentemente dos sistemas de GNV convencionais, que são aplicados em motores de ciclo Otto (cuja injeção de gás ocorre em paralelo à injeção de gasolina ou etanol), neste sistema, a injeção de gás natural é feita junto ao diesel. Assim, o GNV substitui parte do óleo na queima, mantendo a mesma curva de torque e potência do motor. Inicialmente, uma pequena quantidade de diesel é injetada com o objetivo de iniciar o processo de combustão que fará também a queima do gás natural. O grande trunfo desta tecnologia, porém, é seu sofisticado sistema de gerenciamento eletrônico, que permite controlar simultaneamente os sistemas de injeção dos dois combustíveis, de modo a proporcionar a maior eficiência possível. Esta inovadora solução foi desenvolvida e testada pelos engenheiros da Bosch Brasil, que agora partem para os testes de campo.

A novidade, batizada pela empresa de DG Flex, desmitifica o senso comum de que o óleo diesel é melhor para transportes pesados e o GNV apenas para veículos leves. Combinados no sistema Dual Fuel da Bosch, o GNV e o Diesel podem gerar uma economia de até 35%, além de reduzir a emissão de poluentes em mais de 70%, tudo sem perder potência. O sistema DG Flex pode substituir a quantidade de Diesel por GNV a uma taxa de até 85%, dependendo do regime de operação do veículo. Segundo o engenheiro da Bosch, Sergio Molgori, o sistema DG Flex pode ser aplicado em qualquer motor de ciclo Diesel, como caminhões e ônibus.

O diretor comercial da GASMIG, Sérgio da Luz Moreira, foi o primeiro a realizar o Test Drive e, para ele, “ter o GNV como objeto de estudos de uma multinacional renomada como a Bosch, reforça a importância do gás natural como um combustível alternativo, mais econômico e sustentável”. O coordenador de GNV da Companhia, Welder Souza, que também dirigiu o veículo, não vê a hora da tecnologia DG Flex estar disponível comercialmente. “Com essa metodologia poderemos entrar no mercado de veículos pesados, o que agregaria um excelente volume de vendas de GNV para a GASMIG”, declara.

Segundo Welder, um dos fatores decisivos para a utilização do GNV em veículos pesados no Brasil é a questão da revenda. “Com este equipamento, os clientes poderão utilizar o GNV para reduzir custos e retirar o sistema quando forem revender os veículos”, explica. O engenheiro de relacionamento com clientes da GASMIG, Warlei Agnelo, que convidou a Bosch para a visita à Companhia, considera que o sistema Dual Fuel da Bosch, além da aplicação veicular, tem um enorme potencial para ser utilizado em geradores Diesel, reduzindo os custos e níveis de emissão.



Fonte: Assessoria Gasmig
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar