acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC Brasil 2013

Evento teve mais de 15 mil visitantes

31/10/2013 | 17h49
Evento teve mais de 15 mil visitantes
Rudy Trindade/ TN Petróleo Rudy Trindade/ TN Petróleo

 

Com mais de 15 mil visitantes, termina nesta quarta-feira (30), no Rio de Janeiro, a segunda edição da Offshore Technology Conference (OTC) Brasil. Cerca de 400 expositores participaram da feira e a conferência reuniu 1.900 congressistas. No Programa Profissinal do Futuro foram reunidos 1.300 estudantes. O evento teve a apresentação de 250 trabalhos técnicos. 
“Reunimos grandes empresas, acadêmicos e demais players para apresentar suas soluções criativas. Pensamos na qualidade de cada sessão para que sejam feitas aqui discussões estratégicas para o setor energético. E o Brasil, pelo pioneirismo em algumas áreas, foi o palco ideal”, afirmou Marcos Assayag, presidente do Comitê Técnico da Programação da OTC.
Os temas abordados no evento deste ano foram: sistemas de perfuração e poços offshore, estruturas flutuantes e produção submarina avançada, bem como a complexa gestão de integridade para mantê-las em funcionamento. A série de almoços-palestra apresentando executivos e especialistas para discutir questões nacionais e internacionais do setor energético foram a grande novidade desta edição.
Países como Estados Unidos, Canadá, China, França, Itália, Reino Unido, Alemanha e Noruega foram alguns dos expositores presentes na feira, que contou com as mais recentes tecnologias e equipamento.
*Na foto (da esquerda para a direita): Milton Costa Filho, secretário executivo do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP); Wafik Beydoun, presidente do Comitê de supervisão da OTC Brasil; João Carlos de Luca, presidente do IBP; e Julio Bueno, secretário de desenvolvimento econômico do Estado do Rio de Janeiro, durante o encerramento da OTC Brasil 2013.

Com mais de 15 mil visitantes, termina nesta quarta-feira (30), no Rio de Janeiro, a segunda edição da Offshore Technology Conference (OTC) Brasil. Cerca de 400 expositores participaram da feira e a conferência reuniu 1.900 congressistas. No Programa Profissinal do Futuro foram reunidos 1.300 estudantes. O evento teve a apresentação de 250 trabalhos técnicos. Em 2011, foram 10 mil visitantes.

“Reunimos grandes empresas, acadêmicos e demais players para apresentar suas soluções criativas. Pensamos na qualidade de cada sessão para que fossem feitas aqui discussões estratégicas para o setor energético. E o Brasil, pelo pioneirismo em algumas áreas, foi o palco ideal”, afirmou Marcos Assayag, presidente do Comitê Técnico da Programação da OTC.

Os temas abordados no evento deste ano foram: sistemas de perfuração e poços offshore, estruturas flutuantes e produção submarina avançada, bem como a complexa gestão de integridade para mantê-las em funcionamento. A série de almoços-palestra apresentando executivos e especialistas para discutir questões nacionais e internacionais do setor energético foram a grande novidade desta edição.

Além disso, 35 países foram representados entre congressistas e feira.

*Na foto (da esquerda para a direita): Milton Costa Filho, secretário executivo do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP); Wafik Beydoun, presidente do Comitê de supervisão da OTC Brasil; João Carlos de Luca, presidente do IBP; e Julio Bueno, secretário de desenvolvimento econômico do Estado do Rio de Janeiro, durante o encerramento da OTC Brasil 2013.



Fonte: Redação TN Petróleo
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar