acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

Etanol recua e GNV volta a subir no Rio de Janeiro

13/07/2010 | 17h13
Seguindo a trajetória registrada no restante do País, o preço do etanol no Rio de Janeiro caiu 5,65% em junho. Segundo pesquisa divulgada pelo Ticket Car, líder nacional em gestão de despesas veiculares, o combustível encerra o primeiro semestre do ano com preço médio de R$ 1,75. Essa é a quarta queda consecutiva que juntas já somam 20,71% de economia para o consumidor. Com isso, o motorista carioca dono de veículo flex deve optar pelo combustível vegetal.


Para quem utiliza o GNV a notícia não é tão boa. Pelo segundo mês o gás teve acréscimo no valor e, em junho, a alta foi de 1,42% e o metro cúbico tem preço médio de R$ 1,55. Os demais combustíveis permaneceram estáveis com valores médios, por litro, de: gasolina R$ 2,65; diesel R$ 2,03 e biodiesel R$ 2,07.


Ainda segundo a pesquisa, a Zona Sul é a região mais cara para abastecer com gasolina e etanol. Os mesmo combustíveis tem o melhor preço na Zona Oeste, enquanto o Gás Natural Veicular (GNV) tem melhor preço na Zona Norte da cidade.(Veja tabela completa abaixo)


Para quem tem veículo bi-combustível, a dica é fazer uma conta simples na hora de abastecer. “Divida o preço do etanol pelo da gasolina. Resultados inferiores ou até 70% dão vantagem para o combustível vegetal, mais que isso o derivado do petróleo é a melhor opção”, explica Eduardo Lopes, coordenador de Produto do Ticket Car. “Vale a pena lembrar que mesmo nos casos de vantagem econômica para a gasolina, o etanol é sempre ecologicamente mais indicado”, completa.
 
 

RIO DE JANEIRO

 

ZONA

GASOLINA

ETANOL

DIESEL

BIODIESEL

GNV

CENTRO

2,66

1,80

2,06

***

1,59

NORTE

2,62

1,74

2,02

2,14

1,51

OESTE

2,62

1,72

1,99

1,96

1,58

SUL

2,79

1,91

2,12

***

***

 

 

 

 

 
 
 
 
No restante do país, cresce a vantagem do etanol sobre a gasolina e o combustível é a melhor opção para veículos flex em 13 Estados. Junho foi o quarto mês consecutivo de queda no preço, que juntas somam 12,31% de economia para o consumidor.

 

Apesar da discreta redução de 0,14% e preço médio de R$ 2,70, a gasolina ainda apresentou melhor custo-benefício no Distrito Federal e mais 13 Estados. Os demais combustíveis permaneceram estáveis.

 

Com as alterações, as médias por litro são: gasolina R$ 2,70; etanol R$ 1,88; diesel R$ 2,09; biodiesel R$ 2,10 e GNV R$ 1,72 o m³.

 

São Paulo lidera a lista de vantagem para abastecimento com etanol, a diferença sobre a gasolina é de 54%, seguido de Goiás e Paraná, com vantagens de 56% e 58%, respectivamente. “É preciso tomar cuidado, pois, apesar de mais barato, a autonomia do veículo com o etanol é, em média, 30% menor”, explica Eduardo Lopes, coordenador de produto do Ticket Car. “Contudo, é sempre bom lembrar que, mesmo nos casos de vantagem da gasolina, o etanol é ambientalmente mais indicado”, ressalta Lopes.
 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar