acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Brasil/Alemanha

Encontro Econômico Brasil-Alemanha, em Natal (RN) contou com a participação do MME

18/09/2019 | 15h23
Encontro Econômico Brasil-Alemanha, em Natal (RN) contou com a participação do MME
Divulgação Divulgação

Foi realizada em Natal, RN, a 37ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) nesta segunda-feira (16), com participação de líderes empresariais e de representantes dos dois governos. Na ocasião, a Chefe da Assessoria Especial em Assuntos Regulatórios (AEREG), Agnes M. A. da Costa, apresentou as políticas estratégicas e as oportunidades de investimento no setor de energia no painel “Infraestrutura e Energia – Eficiência por meio da inovação e tecnologia”.

No painel do qual participou, Agnes M. A. da Costa apontou para os grandes volumes de investimento esperados nos setores elétrico, de petróleo e gás natural e de biocombustíveis, reforçando o compromisso do MME em propor desenhos de mercado eficientes, com sinais claros para investidores, por meio de iniciativas como o Novo Mercado de Gás, o GT da Modernização do Setor Elétrico e o RENOVABio.

Ao apresentar dados sobre o setor de energia, a Chefe da AEREG, destacou, ainda, que os aperfeiçoamentos das regras e das políticas setoriais têm o potencial de alavancar investimentos não só em infraestrutura nesses setores, mas na própria indústria como um todo, citando como exemplo a expectativa de crescimento e de reposicionamento da indústria brasileira com a redução do preço do gás natural como resultado no Novo Mercado de Gás e o desenvolvimento tecnológico na indústria automobilística com as pesquisas relacionadas a carros elétricos a etanol utilizando a tecnologia de células combustíveis.

Agnes M. A. da Costa ressaltou ainda a relevância de inciativas como o evento para alavancar a cooperação com o setor privado e a divulgação da agenda de trabalho do MME, inclusive no âmbito internacional: “Esse tipo de iniciativa tem feito toda a diferença nos resultados que já obtivemos desde o início do ano, em especial pela exitosa participação de relevantes players internacionais nos diversos leilões que já realizamos neste ano e no contínuo interesse dos investidores pelo enquadramento de projetos prioritários de infraestrutura pelo MME para efeitos de emissão de debêntures incentivadas, tendo sido enquadrados mais de 100 projetos apenas no setor elétrico neste ano”, avaliou ela.

O debate contou, ainda, com a participação de Verônica Sanchez, Secretária Especial Adjunta do PPI/Casa Civil; Oliver Pietz, Diretor Executivo para América Latina, Deutsche Bahn Engineering & Consulting e Henrique Petersen Paiva, chefe de Assuntos Governamentais e Sustentabilidade da Siemens Brasil.

O EEBA é organizado pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) e, nesta edição, com a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN).



Fonte: Redação/Assessoria MME
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar