acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Abreu e Lima

Descartada parceria com PDVSA

18/11/2010 | 10h09
A Petrobras já dá como certa a saída da estatal venezuelana PDVSA da sociedade formada para a construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e tocará sozinha o projeto. A PDVSA tem 40% do empre­endimento, mas até agora não fez nenhum desembolso. A Petrobras conduz sozinha o investimento, orçado em R$ 13 bilhões. A conclusão da obra está prevista para o final de 2013.


Após quase dois anos de indefinição, a estatal venezuelana fechou com a Petrobras os estatutos da sociedade que vai gerir a refinaria, o acordo de acionistas e o contrato comercial de compra de petróleo e venda de combustíveis. Pelo entendimento, 40% do óleo a ser refinado viria da Venezuela. A PDVSA, porém, não apresentou até agora garantias ao BNDES do empréstimo de R$ 9 bilhões para a construção da unidade.


A empresa quis dar como aval sua filial no país, que funciona num escritório alugado, mas o banco não aceitou. A estatal venezuelana rejeita dar garantias corporativas da matriz, que tem patrimônio suficiente para honrar o empréstimo, para não revelar os números de seu balanço e de sua operação na Venezuela.


Fonte: Folha de Pernambuco (PE)
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar