acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Dados geofísicos: novo supercomputador da Petrobras está na lista dos maiores computadores do mundo

18/06/2019 | 09h48

Institucional

Com a ajuda do Fênix, capacidade de processamento de dados geofísicos da companhia será multiplicada por cinco neste ano

Operando desde março, o supercomputador Fênix figura na 142ª posição em capacidade de processamento, conforme lista dos maiores computadores do mundo da Top500.org, divulgada hoje (17/6). Com 55.296 Gigabyte de memória e Central Processing Unit com 48.384 núcleos, o Fênix é o maior supercomputador da América Latina segundo os parâmetros da lista. Instalado no Rio de Janeiro (RJ), ele contribuirá para multiplicar por cinco a capacidade de processamento de dados geofísicos da Petrobras.

O Fênix é um dos quatro supercomputadores que passam a incrementar a capacidade de processamento geofísico da Petrobras, que até o final de 2020 terá sua capacidade aumentada em 15 vezes em relação a 2018. O processamento geofísico aplica algoritmos matemáticos de alta complexidade para gerar imagens do subsolo das bacias sedimentares. Tais imagens são essenciais para todo o processo de exploração e produção de petróleo, desde a aquisição de novas áreas exploratórias até o desenvolvimento e produção de campos de petróleo.

A partir desta nova capacidade computacional, será possível fornecer imagens com maior definição e resolução, contribuindo para reduzir riscos geológicos e operacionais, aumentando a rentabilidade dos projetos de Exploração e Produção da Petrobras.



Fonte: Redação/Agência Petrobras de Notícias
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar