acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
África

Cowan anuncia farm out de blocos na Namíbia e inicia sísmica 3D

29/04/2014 | 13h01

 

Cowan Petróleo e Gás anuncia farm out em dois blocos de exploração na Namíbia e inicia sísmica 3D
Ativos serão compartilhados entre a empresa brasileira, a americana Murphy Oil, a austríaca OMV e a Namcor, estatal do país africano
 
A brasileira Cowan Petróleo e Gás, braço do Grupo Cowan, acaba de concluir a mais importante operação em seus ativos no exterior – a venda de parte de dois blocos no pré-sal da Namíbia, na costa Oeste da África. Com o farm out, a empresa passa a compartilhar os direitos de exploração dos blocos 2613A e 2613B com a americana Murphy Oil e a austríaca OMV, ao lado da National Petroleum Corporation of Namibia (Namcor), que já era sócia na exploração dos blocos.
Para o diretor da Cowan Petróleo e Gás, Guilherme Santana, o farm out foi mais um sinal de confiança do mercado na região. "A entrada de novos players com experiência no setor fortalece a operação, reduz os riscos e contribui para o avanço no cumprimento do cronograma de exploração", afirma Guilherme Santana, acrescentando que, atualmente, o consórcio já realiza um trabalho de sísmica em 3D numa área de 5 mil Km².
Pelo acordo, a Cowan – que detinha 85% do controle – manterá 20% de participação, passando 40% para a Murphy Oil e 25% para a OMV. A Namcor, estatal da Namíbia, manterá 15% dos ativos, que somam uma área de 11.200 Km².
Adquiridos em 2011 pela empresa brasileira, os dois blocos ficam em águas ultraprofundas na Bacia de Lüderitz. A chegada da Cowan na Namíbia marcou o início do processo de internacionalização da companhia, num momento em que o Brasil paralisou novas rodadas de licitação. Entre 2011 e 2013, a Cowan Petróleo e Gás expandiu, significativamente, sua presença em exploração de petróleo e gás no Brasil e hoje possui um portfólio de 18 blocos no país.
 
Criada em 2006, a Cowan Petróleo e Gás é uma empresa do Grupo Cowan, que possui 56 anos de história, mais de 20 empresas e cerca de 3000 funcionários espalhados do Norte ao Sul do país.

Ativos serão compartilhados entre a empresa brasileira, a americana Murphy Oil, a austríaca OMV e a Namcor, estatal do país africano A brasileira Cowan Petróleo e Gás, braço do Grupo Cowan, acaba de concluir a mais importante operação em seus ativos no exterior – a venda de parte de dois blocos no pré-sal da Namíbia, na costa Oeste da África. Com o farm out, a empresa passa a compartilhar os direitos de exploração dos blocos 2613A e 2613B com a americana Murphy Oil e a austríaca OMV, ao lado da National Petroleum Corporation of Namibia (Namcor), que já era sócia na exploração dos blocos.

Para o diretor da Cowan Petróleo e Gás, Guilherme Santana, o farm out foi mais um sinal de confiança do mercado na região. "A entrada de novos players com experiência no setor fortalece a operação, reduz os riscos e contribui para o avanço no cumprimento do cronograma de exploração", afirma Guilherme Santana, acrescentando que, atualmente, o consórcio já realiza um trabalho de sísmica em 3D numa área de 5 mil km².

Pelo acordo, a Cowan – que detinha 85% do controle – manterá 20% de participação, passando 40% para a Murphy Oil e 25% para a OMV. A Namcor, estatal da Namíbia, manterá 15% dos ativos, que somam uma área de 11.200 Km².

Adquiridos em 2011 pela empresa brasileira, os dois blocos ficam em águas ultraprofundas na Bacia de Lüderitz. A chegada da Cowan na Namíbia marcou o início do processo de internacionalização da companhia, num momento em que o Brasil paralisou novas rodadas de licitação. Entre 2011 e 2013, a Cowan Petróleo e Gás expandiu, significativamente, sua presença em exploração de petróleo e gás no Brasil e hoje possui um portfólio de 18 blocos no país.

Criada em 2006, a Cowan Petróleo e Gás é uma empresa do Grupo Cowan, que possui 56 anos de história, mais de 20 empresas e cerca de 3000 funcionários espalhados do Norte ao Sul do país.



Fonte: Redação TN/ Ascom Cowan
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar