acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Retomada

Com 53,7 pontos em outubro, o ICEI da CNI mostra que empresários estão mais confiantes

19/10/2018 | 10h39

Institucional

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) aumentou 0,9 ponto em relação a setembro e alcançou 53,7 pontos em outubro. Com isso, o indicador recuperou a queda de 0,5 ponto registrada no mês passado e acumula uma alta de 4,1 pontos nos últimos quatro meses. “O empresário voltou a mostrar mais confiança”, afirma a pesquisa mensal divulgada nesta sexta-feira (19), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os indicadores do ICEI variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 mostram que os industriais estão otimistas.

“O ICEI está se aproximando da média histórica de 54,1 pontos e de um nível capaz de estimular uma retomada mais forte da produção e dos investimentos, o que é muito importante para a recuperação da economia”, afirma o economista da CNI Marcelo Azevedo. Ele observa que, embora haja uma percepção de piora nas condições atuais das empresas e da economia, as expectativas para os próximos seis meses estão mais otimistas.

Neste mês, o índice de condições atuais caiu para 45,8 pontos e está 0,9 ponto abaixo do registrado em setembro. “É a segunda queda consecutiva do indicador, que mostra que o empresário percebe a piora crescente de suas condições correntes de negócios, mais especificamente das condições das empresas”, informa a pesquisa. No entanto, o índice de expectativas para os próximos seis meses subiu para 57,8 pontos e ficou acima da linha divisória dos 50 pontos, que separa o pessimismo do otimismo.

A confiança é maior nas grandes empresas, segmento em que o ICEI alcançou 54,9 pontos. Nas pequenas, o indicador alcançou 52,1 pontos e, nas médias, 53 pontos. A pesquisa mostra ainda que os empresários de todo o país estão otimistas. O ICEI está acima de 50 pontos em todas as regiões. Neste mês, o indicador aumentou no Nordeste, no Sul e no Sudeste e recuou no Norte e no Centro-Oeste.

Esta edição do ICEI ouviu 2,759 empresas entre 1º e 15 de outubro. Dessas, 1.094 são pequenas, 1.034 são médias e 631 são de grande porte.



Fonte: Redação/Agência CNI de Notícias
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar