acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Chinesa Wuhan Steel arquiva plano de construir siderúrgica no Brasil

12/11/2012 | 14h49

 

O grupo Wuhan Iron and Steel, quarto maior produtor de aço na China, suspendeu os planos para construir uma usina siderúrgica no Brasil após negociações para um investimento em infraestrutura terem fracassado, afirmou o presidente da empresa, Deng Qilin, no domingo (11).
O executivo disse à "Reuters", nos bastidores de um congresso do Partido Comunista, que os parceiros da companhia no Brasil não conseguiram fornecer as condições necessárias para que a companhia, também conhecida como Wugang, investisse no país.
"Ferrovias, terminais portuários... não construíram nada. O mercado também não está lá, então agora interrompemos as conversas e, no momento, não estamos pensando sobre isso", disse ele.
A LLX Logística, um dos parceiros brasileiros, afirmou na semana passada que as negociações para o projeto de 5 milhões de toneladas anuais de aço no Porto de Açu estão agora "inativas" e que ambas as partes não se reúnem há meses.

O grupo Wuhan Iron and Steel, quarto maior produtor de aço na China, suspendeu os planos para construir uma usina siderúrgica no Brasil após negociações para um investimento em infraestrutura terem fracassado, afirmou o presidente da empresa, Deng Qilin, no domingo (11).


O executivo disse à "Reuters", nos bastidores de um congresso do Partido Comunista, que os parceiros da companhia no Brasil não conseguiram fornecer as condições necessárias para que a companhia, também conhecida como Wugang, investisse no país.


"Ferrovias, terminais portuários... não construíram nada. O mercado também não está lá, então agora interrompemos as conversas e, no momento, não estamos pensando sobre isso", disse ele.


A LLX Logística, um dos parceiros brasileiros, afirmou na semana passada que as negociações para o projeto de 5 milhões de toneladas anuais de aço no Porto de Açu estão agora "inativas" e que ambas as partes não se reúnem há meses.

 



Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar