acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sinicon

Benefícios serão uniformizados para atuação na Refinaria Abreu e Lima

19/11/2010 | 10h11
Após uma nova paralisação na última quarta nas obras da Refinaria Abreu e Lima, o Sindicato Nacional da Construção Pesada no Estado de Pernambuco (Sinicon-PE) deu entrada, no Ministério Público do Trabalho (MPT), em uma nova convenção para uniformizar benefícios para os funcionários que atuam na Refinaria Abreu e Lima, em Suape.


Segundo a advogada do Sinicon-PE, Margareth Rubem, o registro do documento no MPT foi via internet. “Amanhã daremos entrada no protocolo”. Entre os itens previstos está o valor do reembolso das horas extras de 70% nos dias úteis e de 100% nos feriados, pagamento de uma cesta básica e folga de cinco dias úteis a cada 120 dias de trabalho. Para os alojados (que têm família fora), a empresa vai arcar com os custos da passagem rodoviária.


De acordo com o advogado do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Pesada (Sintepav), Frederico Tavares, ontem, os trabalhadores foram informados sobre o acordo. “Nós fizemos uma reunião para detalhar o acordo e, em seguida, eles retornaram ao trabalho”, afirmou.


Outro ponto é a participação nos lucros e resultados. “O funcionário terá direito a este benefício, que pode chegar a até dois salários mínimos, dependendo da produção. Se o funcionário trabalhar, não provocar acidentes e cumprir as normas da empresa, ele pode chegar a ter 14º ou 15º salário”. Sobre o reajuste salarial, o advogado explicou que uma comissão ainda irá avaliar um realinhamento em todas as obras.


Fonte: Folha de Pernambuco (PE)
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar