acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pré-Sal

Anunciada nova descoberta de óleo leve no Bloco BM-S-8 da Bacia de Santos

20/03/2012 | 09h43
Anunciada nova descoberta de óleo leve no Bloco BM-S-8 da Bacia de Santos
Anunciada nova descoberta de óleo leve no Bloco BM-S-8 da ... Anunciada nova descoberta de óleo leve no Bloco BM-S-8 da ...
A Barra Energia anunciou a ocorrência de uma nova acumulação de óleo de boa qualidade no Bloco BM-S-8, em reservatórios do pré-sal em águas ultra profundas da Bacia de Santos. A descoberta ocorreu durante a perfuração do poço 4-SPS-86B (4-BRSA-971-SPS), informalmente denominado Carcará, localizado a 232 km do litoral do estado de São Paulo.

O resultado foi comprovado por meio de amostragens de petróleo de 31º API, um dos mais leves encontrados no pré-sal da Bacia de Santos até agora, em reservatórios situados a 5.750 metros de profundidade.

O poço continua em perfuração buscando determinar o limite inferior dos reservatórios bem como identificar outras possíveis zonas de interesse.

Carcará é o terceiro poço perfurado na área do Plano de Avaliação da Descoberta do 1-BRSA-532A-SPS (Bem-te-vi), situado numa lâmina d’água de 2.027 metros.

“Este resultado confirma a presença de um sistema petrolífero efetivo nesta parte do bloco e nossa estratégia para construir um portfolio de ativos de exploração e produção no Brasil”, comentou Renato Bertani, CEO da empresa.

“Estamos muito satisfeitos com o potencial exploratório do bloco e com os encorajadores resultados preliminares de Carcará”, indicou João Carlos de Luca, diretor presidente da companhia.

O Consórcio dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a avaliação da área, conforme o Plano de Avaliação aprovado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A Petrobras é operadora do consórcio (66%) em parceria com a Petrogal Brasil (14%), Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás Ltda. (10%) e Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A. (10%).


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar