Resultado

Subsea7 mantém trajetória de crescimento e registra receita de US$ 6 bilhões em 2023

Carteira de pedidos (backlog) global da empresa teve aumento de 17,7% em comparação ao ano passado

Redação TN Petróleo/Assessoria
28/03/2024 08:55
Subsea7 mantém trajetória de crescimento e registra receita de US$ 6 bilhões em 2023 Imagem: Divulgação Visualizações: 268 (0) (0) (0) (0)

A Subsea7, líder global na entrega de projetos e tecnologia offshore para o setor de energia, encerrou o ano de 2023 com excelente performance operacional e financeira. No ano passado, a empresa alcançou a receita de US$ 6 bilhões, o que representa avanço de 16% no comparativo com 2022. O EBITDA ajustado global atingiu o montante de US$ 714 milhões, aumento de 28% em comparação ao ano anterior, resultando em margem de EBITDA ajustada de 12%. Ao longo de 2023, o portfólio de projetos iniciou uma transição gradual, saindo de contratos fechados em condições de mercado mais fracas para os mais recentes, com melhor precificação e fluxo de caixa.

A carteira de pedidos (backlog) global seguiu resiliente com registro de US$ 10,6 bilhões, uma expansão de 17,7% na comparação com os US$ 9 bilhões alcançados em 2022. Desse montante, US$ 8,6 bilhões estão relacionados à unidade de negócios Subsea e Convencional, incluindo US$ 300 milhões em contratos de longo prazo para PLSVs no Brasil, e US$ 2 bilhões relacionados à unidade de negócios Renováveis. Estima-se que US$ 5,7 bilhões da carteira de pedidos sejam executados neste ano, US$ 3,8 bilhões em 2025 e US$ 1,1 bilhão em 2026 e nos anos seguintes. A entrada de novos pedidos também foi favorável, atingindo o maior volume desde 2013, com US$ 7,4 bilhões.

“Nosso negócio Subsea e Convencional apresentou um sólido crescimento no backlog de qualidade, o que deve sustentar uma expansão considerável no fluxo de caixa nos próximos anos. A receita dessa unidade de negócios aumentou 26% em relação ao ano anterior, impulsionada pela alta atividade no Brasil, na Noruega e na Turquia. Em nosso negócio de Energias Renováveis, a rentabilidade recuperou o fôlego e a carteira de pedidos sustenta alta performance até 2025”, John Evans (foto), CEO Global da Subsea7.

Alianças estratégicas para consolidação e expansão

Segundo o executivo, 2023 foi um ano importante para a companhia, pois ampliaram relações-chave e estabeleceram importantes alianças. “Em 2023, a joint venture OneSubsea, entre Subsea7, SLB e Aker Solutions, foi concluída e, simultaneamente, a Subsea Integration Alliance, aliança entre a Subsea7 e a OneSubsea, foi estendida até 2033. Ambas as inciativas contam com nossos ativos, serviços e tecnologias líderes de mercado, reforçando a nossa capacidade de oferecer maior eficiência aos clientes. Além disso, fabricamos 600 quilômetros de tubos em nossas spoolbases em Vigra, na Noruega, Ingleside, nos EUA, e Ubu, no Brasil”, prossegue Evans.

Para 2024, a prioridade da companhia é continuar aprimorando constantemente a confiabilidade dos sistemas submarinos através do desenvolvimento de soluções ao longo de todo o ciclo de vida. A expansão da presença de mercado da 4Subsea, empresa integrante do grupo Subsea7, e da Xodus, uma consultoria de engenharia e assessoria energética da qual a Subsea7 adquiriu uma participação majoritária de 60%, também será um foco para este ano.

Sobre a Subsea7 - Líder global na entrega de projetos e serviços offshore para o setor de energia, a Subsea7 torna possível a transição energética offshore por meio da evolução contínua do petróleo e do gás com baixo teor de carbono, permitindo o crescimento de energias renováveis e emergentes.

Presente no Brasil há mais de 35 anos, a empresa conta hoje com mais de dois mil colaboradores diretos distribuídos em bases operacionais em Ubu, no Espírito Santo, Rio das Ostras (RJ) e Niterói (RJ), além de um escritório na cidade do Rio de Janeiro. As operações no Brasil estão divididas em duas áreas principais:

•   Subsea e convencional: Engenharia, Aquisição, Construção e Instalação (EPCI), descomissionamento em profundidades variadas e contratos de PLSVs;

•   Serviços durante a vida útil o campo: Inspeção, reparo e manutenção, gerenciamento de integridade e serviços de suporte.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

20