acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Sika completa 80 anos de Brasil

16/04/2014 | 14h09

 

Sika completa 80 anos de Brasil 
A suíça Sika, empresa de produtos químicos, celebra este ano 80 anos no Brasil. No país desde 1934, a companhia desenvolve aditivos para concreto, argamassas, selantes e adesivos, sistemas de reforço estrutural e de materiais, piso industrial e sistemas de cobertura e impermeabilização. A marca Sika está presente em obras de engenharia nacional, e em inúmeras obras civis, como pontes, túneis, instalações esportivas ou grandes hidrelétricas.
“Estar há 80 anos fazendo parte das principais obras de infraestrutura do país e como uma das marcas mais lembradas pelo consumidor final, só confirma que fizemos uma aposta certa, de confiar em um mercado sempre promissor como o Brasil”, diz José Soares, gerente geral da Sika do Brasil. “Nós só temos a agradecer aos nossos clientes pelo reconhecimento e aos nossos colaboradores pela energia. Sem eles não chegaríamos a tanto tempo de presença neste mercado tão concorrido”, completa.
A história da Sika no Brasil começou quando Anton Von Salis chegou ao Rio de Janeiro em 1934, com a missão de instalar a primeira unidade da companhia na América e a sétima em todo mundo. Uma planta de produção foi montada no Bairro da Tijuca (RJ). O primeiro produto a ser fabricado no Brasil foi o aditivo Sika 1.
O sucesso foi em 1960, a Sika já contava com uma área de 14 mil m² no bairro de Bonsucesso e uma segunda planta em São Cristóvão, ambos no Rio de Janeiro. O Centro Administrativo e Logístico foi inaugurado 18 anos depois, em Bonsucesso e em 1985, continuando com seu processo de expansão, a empresa adquiriu prédios industriais em Osasco (São Paulo) e Simões Filho (Bahia). Buscando uma maior competitividade, a Sika transferiu, em 1995, sua matriz para São Paulo, em Osasco, onde está atualmente.
Nos últimos anos, a Sika deu continuidade ao seu crescimento no Brasil com a abertura de uma mini planta em Porto Velho (2010), sua filial no nordeste, localizada em Recife (2011) e um Centro Logístico em São Paulo (2013). A companhia planeja a abertura de mais duas filiais, no Centro Oeste e Sul do país.
Atualmente, a Sika possui subsidiárias em 80 países nos cinco continentes, mais de 150 unidades em todo o mundo e mais de 15 mil colaboradores. Em 2013 faturou 5.142 milhões de francos suíços.

A suíça Sika, empresa de produtos químicos, celebra este ano 80 anos no Brasil. No país desde 1934, a companhia desenvolve aditivos para concreto, argamassas, selantes e adesivos, sistemas de reforço estrutural e de materiais, piso industrial e sistemas de cobertura e impermeabilização. A marca Sika está presente em obras de engenharia nacional, e em inúmeras obras civis, como pontes, túneis, instalações esportivas ou grandes hidrelétricas.

“Estar há 80 anos fazendo parte das principais obras de infraestrutura do país e como uma das marcas mais lembradas pelo consumidor final, só confirma que fizemos uma aposta certa, de confiar em um mercado sempre promissor como o Brasil”, diz José Soares, gerente geral da Sika do Brasil. “Nós só temos a agradecer aos nossos clientes pelo reconhecimento e aos nossos colaboradores pela energia. Sem eles não chegaríamos a tanto tempo de presença neste mercado tão concorrido”, completa.

A história da Sika no Brasil começou quando Anton Von Salis chegou ao Rio de Janeiro em 1934, com a missão de instalar a primeira unidade da companhia na América e a sétima em todo mundo. Uma planta de produção foi montada no Bairro da Tijuca (RJ). O primeiro produto a ser fabricado no Brasil foi o aditivo Sika 1.

O sucesso foi em 1960, a Sika já contava com uma área de 14 mil m² no bairro de Bonsucesso e uma segunda planta em São Cristóvão, ambos no Rio de Janeiro. O Centro Administrativo e Logístico foi inaugurado 18 anos depois, em Bonsucesso e em 1985, continuando com seu processo de expansão, a empresa adquiriu prédios industriais em Osasco (São Paulo) e Simões Filho (Bahia). Buscando uma maior competitividade, a Sika transferiu, em 1995, sua matriz para São Paulo, em Osasco, onde está atualmente.

Nos últimos anos, a Sika deu continuidade ao seu crescimento no Brasil com a abertura de uma mini planta em Porto Velho (2010), sua filial no nordeste, localizada em Recife (2011) e um Centro Logístico em São Paulo (2013). A companhia planeja a abertura de mais duas filiais, no Centro Oeste e Sul do país.

Atualmente, a Sika possui subsidiárias em 80 países nos cinco continentes, mais de 150 unidades em todo o mundo e mais de 15 mil colaboradores. Em 2013 faturou 5.142 milhões de francos suíços.



Fonte: Redação TN/ Ascom Sika
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar