acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Redução na tarifa do gás natural em Santa Catarina

10/06/2016 | 11h34

A diretoria da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) aprovou na tarde desta quinta-feira, 9, a redução na tarifa do gás natural no Estado. A informação foi repassada ao governador Raimundo Colombo no final da tarde e deve ser publicada no Diário Oficial nos próximos dias. O pedido de redução foi feito pela SCGÁS e deve garantir um desconto médio de 15% para a indústria, principal consumidor no Estado, além de descontos para todos os outros setores também.

“Estamos trabalhando para garantir que quando essa crise econômica passar, e mais cedo ou mais tarde ela vai passar, Santa Catarina continue um mercado competitivo tanto para nossas atuais empresas quanto para a atração de novos investimentos. Além de seguir com o compromisso de não aumentar impostos no Estado, agora temos a alegria de anunciar essa redução na tarifa do gás natural, que é um insumo essencial para tantos setores catarinenses”, destacou o governador.

A redução tarifária, mesmo em período de alta no dólar, está associada a cestas de óleos internacionais, fator que afeta a composição do preço do gás natural no Estado de acordo com o contrato de concessão.

A medida beneficia mais de 220 indústrias de diversas regiões de Santa Catarina com a queda dos custos de produção, já que o gás natural é parte importante na geração de energia dos processos produtivos. Outros mercados, como o veicular (GNV), residencial e comercial também terão redução na tarifa, atingindo cerca de 100 mil consumidores catarinenses.

Em ofício encaminhado à Aresc nesta quarta-feira, 8, o presidente em exercício da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, destacou a importância da medida.

“Salientamos que a busca da modicidade tarifária, com tarifa justa, adequada à realidade da economia catarinense, é fator estratégico para o fortalecimento das nossas indústrias, que são responsáveis por aproximadamente 80% do consumo do gás natural em Santa Catarina e que passam por uma situação delicada, pois este insumo é de vital importância para o setor produtivo, representando uma parcela significativa na composição dos seus custos”, escreve.

Informações da SCGÁS

A SCGÁS encaminhou no dia 29 de maio o pedido de reajuste e revisão tarifária com diminuição nas tarifas do gás natural no estado com aplicação a partir do primeiro dia de junho.

O pedido incluiu redução média de 11,5% para o segmento industrial, 9,2% para o comercial, 14,5% para o veicular e 6% para o residencial.

A Companhia aguarda ser notificada da decisão da Aresc e a publicação no Diário Oficial para promover a aplicação do desconto ao mercado.



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar