acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Macaé

Redução fiscal será discutida entre a Associação Comercial e Industrial de Macaé e o governador Witzel

02/07/2019 | 16h21

Pauta essencial para restabelecer os incentivos necessários para estimular o turismo nas cidades do interior do Estado, a ACIM levará ao governador Wilson Witzel (PSC) a defesa pela redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) que incide sobre o combustível de aviação.

A exemplo de São Paulo, a medida oferece o incentivo necessário para as companhias aéreas que atendem a aviação comercial, uma garantia de retorno das conexões para os principais destinos nacional e internacional, nos aeroportos do Rio de Janeiro.

"Hoje, a redução das operações de voos comerciais no Rio de Janeiro torna o acesso ao serviço mais caro para a população. E, como reação em cadeia, inviabiliza as conexões nos aeroportos situados nas cidades do interior. Macaé está prestes a retornar os voos comerciais. Precisamos garantir que isso ocorra, de fato", defende o presidente da ACIM, Francisco Navega.

Na semana passada, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou projeto de lei assinado pelo governador Dória que reduziu de 25% para 12% a alíquota do ICMS sobre o combustível de aviação utilizado pelas empresas que atuam nos voos comerciais.

A medida gerou, na prática, o retorno de conexões para seis novos destinos, dobrando as operações aéreas no Estado.

"As instituições que compõem o Repensar Macaé defende a mesma medida aplicada em São Paulo. Já acionamos também deputados macaenses para criar essa adesão ao projeto na Alerj. Agora, precisamos do aval do governador para que a medida de redução fiscal seja efetivada", aponta Navega.

A Zurich Airport, empresa que venceu o leilão realizado pelo governo federal neste ano, assinará neste mês o contrato de concessão, o que garante o início da concessão do Aeroporto de Macaé. A expectativa é que até agosto os voos comerciais sejam retomados na cidade.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar