acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado de Trabalho

Profissões do futuro estão relacionadas à preocupação com o planeta e bem-estar

24/01/2020 | 10h28

O futuro no mercado de trabalho promete grandes mudanças. Analistas e especialistas em carreiras já discutem o assunto exaustivamente e fazem previsões para os próximos anos. Há quem arrisque elencar uma lista com as novas profissões que serão criadas até 2030. A organização Center For The Future Of Work aponta que pelo menos 21 novas funções serão criadas.

Atento a essas mudanças, o Colégio Marista Asa Sul, de Brasília (DF), tem investido em projetos educacionais que incentivam o protagonismo dos alunos e despertam novos talentos que atendem às necessidades do mercado de trabalho. Afinal, esse novo profissional apresenta quatro características principais: tem pensamento multidisciplinar porque é multiconectado, tem consciência ambiental e social, busca experiência e não posses, e não almeja carreiras, mas uma vida com propósito.

E essas características já são percebidas no ambiente escolar, segundo o coordenador do Ensino Médio do Colégio Maristão, Mateus Kaiser. “Nossos alunos estão cada vez mais optando por profissões que não são consideradas tradicionais. Eles têm valorizado mais o bem-estar, a realização pessoal, a consciência ambiental, estão engajados em construir um mundo melhor e isso é bem interessante”, afirma.

Divulgação

Um relatório de uma das maiores empresas de tecnologia de informação do mundo, a Cognizant Technology Solutions, aposta na criação das profissões listadas abaixo, até 2030. A empresa se baseou em macrotendências atuais nas áreas do meio ambiente, migração, biotecnologia e demografia para criar as possibilidades a seguir.

Detetive de dados - investiga mistérios em Big Data;

Facilitador de TI - explora tendências digitais e cria uma plataforma self-service automatizada para que usuários construam seus próprios ambientes colaborativos, incluindo assistentes virtuais;

Oficial de ética de sourcing - investiga, acompanha, negocia acordos de bens e serviços para garantir que gastos indiretos da empresa (em energia, restos e relações sociais) estejam alinhados com os padrões de ética de seus stakeholders;

Gestor de desenvolvimento de negócios de inteligência artificial - define, desenvolve e implementa programas eficazes para acelerar vendas e negócios de inteligência artificial (IA);

Mestre de edge computing - cria, mantém e protege o ambiente de edge computing, ou computação na “borda” (trata-se do limite da rede de computação em nuvem, perto da fonte de dados);

Walker/Talker - profissional autônomo, atua com clientes idosos por meio de um plataforma on-line, ouvindo-os e também conversando com eles;

Conselheiro de compromisso de saúde - trabalha remotamente para oferecer coaching individual e conselhos de bem-estar e saúde para usuários de pulseiras inteligentes, que monitoram suas atividades e sinais físicos;

Técnico de saúde assistida por inteligência artificial - examina, diagnostica e administra tratamentos apropriados para pacientes, auxiliado por tecnologia e por médicos acessíveis de maneira remota;

Analista de cybercidade - garante a segurança e funcionalidade da cidade ao garantir o fluxo saudável de dados (ambientais, populacionais, etc.) pelo sistema;

Diretor de portfólio genômico - cria e executa estratégias para um portfólio de produtos biotecnológicos;

Gerente de equipe humanos-máquinas - desenvolve um sistema de interação para que seres humanos e máquinas conversem melhor, o que aprimora essa equipe híbrida;

Coach de bem-estar financeiro - oferece sessões de coaching individuais para clientes que queiram compreender e monitorar suas atividades financeiras;

Alfaiate digital - trabalha com clientes para obter medidas precisas (utilizando uma cabine especial) e garante que as peças caiam bem;

Chief Trust Officer - trabalha com equipes de relações públicas e finanças para construir relações de confiança no setor financeiro e encorajar transparência e responsabilidade no mercado de criptmoedas;

Analista de quantum machine learning - pesquisa e desenvolve soluções de ponta que aumentam a velocidade e performance de algoritmos e sistemas, ao integrar as duas disciplinas;

Guia de loja virtual - entrega atendimento ao cliente de maneira instantânea e virtual. O trabalho é remoto e utiliza realidade aumentada;

Corretor de dados pessoais - monitora e comercializa dados pessoais de um cliente e busca maximizar os ganhos em bolsas de dados nacionais e internacionais;

Curador de memórias pessoais - contata diversos stakeholders, imprensa e fontes históricas para recriar e arquitetar experiências passadas de clientes que perderam suas memórias. Utiliza realidade virtual;

Construtor de jornadas de realidade aumentada - projeta, escreve, cria, calibra, gamifica, constrói e personaliza jornadas de realidade aumentada;

Controlador de estradas - monitora, regula, planeja e manipula espaços aéreos e estradas, programando plataformas automatizadas de Inteligência Artificial usadas para gerenciar espaços de carros e drones autônomos;

Oficial de diversidade genética - facilita a lucratividade e a produtividade da organização e, ao mesmo tempo, cria um ambiente de inclusão genética, operando de acordo com as leis e guias relacionados à força de trabalho geneticamente aprimorada.

Estudos apontam que robôs devem substituir aproximadamente 800 milhões de empregos até 2030. E para não perder espaço para as máquinas, é fundamental desenvolver pelo menos quatro características: não ter medo de tomar decisões e ter bom senso de escolher o melhor caminho, ter capacidade para expor grande quantidade de ideias de forma livre e criativa visando a uma boa fluência, ter capacidade contínua de aprendizagem e ser criativo para resolver problemas novos de formas inovadoras.

Para a professora de Marketing e Comunicação, especialista em Gestão Empresarial, Daniella Rebelo, o que vai ampliar as oportunidades de atuação no mercado de trabalho é a necessidade de resolver problemas. E diante disso tudo, uma coisa é certa: a capacidade de ter carisma, generosidade e empatia, além da preocupação com o planeta e o bem-estar da sociedade serão cada vez mais essenciais.

Sobre a Rede Marista de Colégios - O Colégio Marista Asa Sul integra a Rede Marista de Colégios (RMC), presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

 



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar