acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Potigás conquista mais de 2,5 mil novos clientes em 2015

05/01/2016 | 16h45

A Companhia Potiguar de Gás encerrou o ano de 2015 superando as previsões de ampliação de negócios na distribuição de Gás Natural Canalizado para os segmentos residencial, industrial, automotivo e comercial. São 2.607 novos clientes, atendidos pela Potigás no Rio Grande do Norte, a usufruir das vantagens de um combustível mais moderno, econômico e sustentável. O crescimento foi de 117% em relação ao ano de 2014.

Em 2015, a empresa de economia mista, que tem como sócios o Governo do Estado e a Petrobras, realizou investimentos próprios da ordem de R$ 4.533.103,48 para expansão da rede e interligação de novos clientes. O fornecimento de gás natural canalizado por segmento alcança as seguintes marcas: 2,1mil m3/dia no segmento residencial, 7,5mil m3/dia no segmento comercial, 138mil m3/dia no segmento industrial, 0,5mil m3/dia no segmento de cogeração, 27,7mil m3/dia no segmento GNC e 122,6mil m3/dia no segmento GNV.

O planejamento estratégico da Potigás contempla para 2016 a geração de energia elétrica por meio do Gás Natural Canalizado. Diante do atual cenário energético, a geração de energia a gás natural é uma solução viável para garantir o fornecimento para empresas e condomínios. Além de proporcionar economia, os geradores a gás oferecem mais segurança e comodidade, diversificando a matriz energética e conferindo maior independência e estabilidade no suprimento de energia elétrica. A economia chaga a mais de 60% nos horários de pico.

“O Gás Natural Canalizado é o combustível que move a economia do Estado e tem papel fundamental na atração de novas empresas. Isso significa dizer que a Potigás está inserida entre os diferenciais do Rio Grande do Norte para gerar mais emprego e renda para a população potiguar”, declarou o Diretor Presidente, Carlos Alberto Santos.

Segmento Residencial

Só no segmento residencial são mais de 15 mil unidades interligadas à rede da Potigás. A perspectiva é de ampliação, já que a rede passou a chegar à boa parte dos bairros de Natal, possibilitando a adesão de novos clientes. No ano de 2015 a expansão da rede da Companhia Potiguar de Gás passou dos 12 mil metros. Atualmente são 108 mil metros de tubulações PEAD (Polietileno de alta Densidade) e 257 mil metros de aço, totalizando 366 quilômetros de rede. “Esse crescimento da rede permite a atração de novos clientes que estão, cada vez mais, em busca de alternativas que reduzam o impacto na sua tabela de custos”, relatou o Diretor Técnico Comercial, José Ricardo Bezerra.

Segmento Comercial

A Potigás leva o Gás Natural Canalizado até bares, hotéis, restaurantes, lanchonetes, shoppings e condomínios, de forma contínua, sem riscos de corte no abastecimento, com qualidade, economia, segurança e com respeito ao meio ambiente. Nas residências o combustível pode ser utilizado para o funcionamento de fornos, fogões, geladeiras a gás, churrasqueiras, aquecimento da água e climatização. O comércio e setor de serviços também podem se beneficiar das vantagens do gás natural em fornos, fogões, fritadeiras, climatização e geração de energia.

Segmento GNV

Outro destaque no ano de 2015 foi a realização da campanha de incentivo à conversão dos veículos ao GNV, intitulada “Tô no Gás”. Durante três meses os motoristas, pessoas físicas e jurídicas, foram estimulados com a oferta de bônus de 500 m³ de gás para utilizar à vontade, gerando em torno de 7.500 km de rodagem.

Ao abastecer R$ 25,00 de GNV o motorista consegue percorrer cerca de 137 km, enquanto que com a gasolina percorrerá em torno de 71 km, praticamente o dobro da distância, e com álcool a distância cai para 66 km. Para quem roda em média 2.500 km/mês, a adoção do GNV pode propiciar economia mensal de cerca de R$ 400. No Rio Grande do Norte, por exemplo, é possível economizar R$ 394 (se o GNV for utilizado em substituição a gasolina) e R$ 479 (na troca do etanol pelo GNV), segundo dados da Abegás (Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado).

Segmento Industrial

A Companhia Potiguar de Gás garante o Gás Natural Canalizado para substituir os mais variados tipos de combustíveis usados nas indústrias, com uma queima limpa e uniforme, é ecologicamente correto, contribui para uma maior produtividade e para a melhoria dos padrões ambientais, aumentando a competitividade das empresas usuárias nos mercados cada vez mais exigentes.

Para 2016 está prevista a instalação da Cerâmica Elizabeth, no Polo Industrial de Goianinha, o que vai representar a conquista de 400 novos empregos diretos para região. A Potigás já finalizou o processo licitatório para a construção do gasoduto de distribuição. “Todos os setores da Companhia estão envolvidos nesse processo que requer total dedicação para o cumprimento de prazos, disposições jurídicas e financeiras. Teremos um cliente com grande projeção que irá impactar as atividades da Potigás”, declarou o Diretor Administrativo Financeiro, Paulo Campos.

 

 



Fonte: Potigás
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar