acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cotação

Petrolífera Galp e bancos puxam alta da Bolsa de Lisboa

10/11/2009 | 08h03
O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI-20, fechou o pregão desta segunda-feira (9) em alta de 0,98%, para 8.537,59 pontos, em linha com a Europa e impulsionado pela Galp Energia e pelo setor bancário.


Os vinte títulos que compõem o PSI-20 fecharam positivos, numa sessão em que trocaram de mãos 33,3 milhões de títulos, no valor de 87,4 milhões de euros.


Liderando as subidas estiveram a Jerónimo Martins, que avançou 2,28% para 6,50 euros, na véspera de realizar o seu Dia do Investidor, e a Galp Energia, que valorizou 2,13% para 12,19 euros.


Impulsionando o PSI 20 na sessão de hoje estiveram, além da Galp, o BES.


No setor financeiro, o BES avançou 1,62% para 4,99 euros, o BPI subiu 1,52% para 2,39 euros, enquanto o BCP progrediu 0,31% para 0,94 euros.


Na energia, a EDP Renováveis avançou 0,59% para 6,80 euros, a REN valorizou 0,33% para 3 euros e a EDP subiu leves 0,03% para 3,07 euros.


Nas telecomunicações, a ZON avançou 0,93% para 4,32 euros, a Sonaecom subiu 0,53% para 1,89 euros, enquanto o 'peso-pesado' PT ganhou 0,24% para 8,15 euros.


Nota ainda para a Cimpor, que avançou 0,48% para 5,42 euros, um dia depois de ter comunicado ao mercado que a sua oferta para a aquisição da companhia equatoriana Cementos Chimborazo foi rejeitada pelo governo do Equador.


Fonte: Agência Lusa
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar