acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Risco

Petrobras confirma princípio de incêndio na Repar

29/11/2013 | 18h19

 

A Petrobras confirmou a ocorrência de um princípio de incêndio na unidade de destilação da Refinaria Presidente Getulio Vargas, em Araucária (PR). A estatal diz que o incidente ocorreu às 22h30 na noite de ontem (28) e que “não houve feridos nem danos ambientais, e que o abastecimento ao mercado não será afetado”.
Em nota, empresa informou que as causas do incêndio estão sendo apuradas, e que a unidade de destilação (onde o óleo cru passa pelo primeiro refino) encontra-se paralisada para avaliação técnica.
A Petrobras não confirma que o incêndio tenha ocasionado uma explosão na refinaria de Araucária, localizada na região metropolitana de Curitiba, conforme o Sindicato dos Petroleiros do Paraná e de Santa Catarina.
Não confirmou também a informação do sindicato de que a produção esteja paralisada ou que outras unidades tiveram de interromper suas atividades ou operam apenas com o estoque existente.

A Petrobras confirmou a ocorrência de um princípio de incêndio na unidade de destilação da Refinaria Presidente Getulio Vargas, em Araucária (PR). A estatal diz que o incidente ocorreu às 22h30 na noite de ontem (28) e que “não houve feridos nem danos ambientais, e que o abastecimento ao mercado não será afetado”.

Em nota, empresa informou que as causas do incêndio estão sendo apuradas, e que a unidade de destilação (onde o óleo cru passa pelo primeiro refino) encontra-se paralisada para avaliação técnica.

A Petrobras não confirma que o incêndio tenha ocasionado uma explosão na refinaria de Araucária, localizada na região metropolitana de Curitiba, conforme o Sindicato dos Petroleiros do Paraná e de Santa Catarina.

Não confirmou também a informação do sindicato de que a produção esteja paralisada ou que outras unidades tiveram de interromper suas atividades ou operam apenas com o estoque existente.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar