acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Diesel

Petrobras absorve prejuízo, mas lidera importações de diesel

25/02/2019 | 16h18

Contrariando as expectativas de liberalizar os preços do diesel, a Petrobras tem assumido prejuízo pelas importações do combustível, esmagando a participação de agentes privados.

Desde o início de 2019, a cotação tem se descolado gradativamente do mercado internacional, aumentando a defasagem a cada reajuste. Segundo análise da INTL FCStone, a arbitragem entre o preço do diesel praticado pela estatal em Santos e o mercado internacional, ficou negativa em quase 9,73 centavos por litro (97,27 reais/m³), considerando o último ajuste, válido a partir do dia 23 de fevereiro. Nos demais pontos de fornecimento da Petrobras cenário semelhante pode ser observado.

"Nesse cenário, a operação de importação gera um prejuízo próximo a esse nível. Mesmo se considerarmos que o agente tem maior eficiência em precificação de frete e estrutura logística, os ganhos são marginais em relação à magnitude da defasagem", reforça o Head de Petróleo, Gás e Derivados da INTL FCStone, Thadeu Silva.



Fonte: Redação/INTL FCStone
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar