acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Parker desenvolve cilindro gigante para exploração de petróleo em terra

25/06/2014 | 18h10

 

a Parker Hannifin produziu recentemente o cilindro hidráulico com maior curso já fabricado pela empresa no Brasil. O componente foi desenvolvido para equipar um caminhão destinado ao transporte de sonda para perfuração de poços de petróleo em terra seca, e tem comprimento total de 26 metros quando aberto e de 13 metros quando fechado.
O equipamento foi produzido para atender à demanda da Perbras, empresa de Catu (BA) especializada no fornecimento de sondas para perfuração de poços de petróleo em terra seca. A empresa - que tem entre seus clientes a Petrobras - produziu a sonda e a acoplou ao caminhão, enquanto a Parker ficou responsável pela parte hidráulica do equipamento.
Montado com haste tubular, o cilindro tem diâmetro de 116,3 mm. Instalado em um caminhão com uma sonda acoplada, o componente cumpre a função de deslocar verticalmente a broca. Quando acionado, o cilindro levanta o segundo estágio da torre de perfuração.
A Parker desenvolveu o projeto, fez a especificação dos materiais e produziu o cilindro, com índice de nacionalização de 80%. O acabamento da haste tubular foi a fase mais delicada, pois demandou um tanque especial para aplicar cromo a uma peça única com quase 14 metros de comprimento.
"Foi um desafio fabricar um cilindro com essas dimensões", revela o supervisor de Negócios da Parker, Cleber Darlei Mores. "Esse trabalho nos trouxe um excelente aprendizado; agora estamos aptos a fornecer sistemas hidráulicos para caminhões de sonda de petróleo", conclui.

A Parker Hannifin produziu recentemente o cilindro hidráulico com maior curso já fabricado pela empresa no Brasil. O componente foi desenvolvido para equipar um caminhão destinado ao transporte de sonda para perfuração de poços de petróleo em terra seca, e tem comprimento total de 26 metros quando aberto e de 13 metros quando fechado.

O equipamento foi produzido para atender à demanda da Perbras, empresa de Catu (BA) especializada no fornecimento de sondas para perfuração de poços de petróleo em terra seca. A empresa - que tem entre seus clientes a Petrobras - produziu a sonda e a acoplou ao caminhão, enquanto a Parker ficou responsável pela parte hidráulica do equipamento.

Montado com haste tubular, o cilindro tem diâmetro de 116,3 mm. Instalado em um caminhão com uma sonda acoplada, o componente cumpre a função de deslocar verticalmente a broca. Quando acionado, o cilindro levanta o segundo estágio da torre de perfuração.

A Parker desenvolveu o projeto, fez a especificação dos materiais e produziu o cilindro, com índice de nacionalização de 80%. O acabamento da haste tubular foi a fase mais delicada, pois demandou um tanque especial para aplicar cromo a uma peça única com quase 14 metros de comprimento.

"Foi um desafio fabricar um cilindro com essas dimensões", revela o supervisor de Negócios da Parker, Cleber Darlei Mores. "Esse trabalho nos trouxe um excelente aprendizado; agora estamos aptos a fornecer sistemas hidráulicos para caminhões de sonda de petróleo", conclui.

 



Fonte: Ascom Parker Hannifin
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar