acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sustentabilidade

Já em operação, maior usina solar do mundo pode abastecer 140 mil casas

19/02/2014 | 09h57

 

Foi no deserto da Califórnia (EUA), em uma área de 13 km², que a maior usina solar do mundo começou a operar na última quinta-feira (13). Batizado de Ivanpah Solar Electric Generating System, o empreendimento conta com 300 mil espelhos para coletar a luz do sol e tem capacidade bruta de produção de 392 megawatts de energia. A nova gigante do setor de energias renováveis tem capacidade para abastecer cerca de 140 mil casas na Califórnia. Ao adotar a energia solar, essas residências deixariam de emitir 400 mil toneladas métricas de CO2 por ano - o equivalente a remover 72 mil veículos das ruas.
Até então, o título de maior usina solar do mundo pertencia a Shams 1, situada em Abu Dhabi (Emirados Árabes), e cuja capacidade gera 100 megawatts de energia. Agora, o empreendimento que pertence às companhias NRG Energy, BrightSource Energy e Google, tomou a primeira posição, depois de ter resolvido questões regulatórias e problemas jurídicos.
Leia mais em: www.tnsustentavel.com.br

Foi no deserto da Califórnia (EUA), em uma área de 13 km², que a maior usina solar do mundo começou a operar na última quinta-feira (13). Batizado de Ivanpah Solar Electric Generating System, o empreendimento conta com 300 mil espelhos para coletar a luz do sol e tem capacidade bruta de produção de 392 megawatts de energia. A nova gigante do setor de energias renováveis tem capacidade para abastecer cerca de 140 mil casas na Califórnia. Ao adotar a energia solar, essas residências deixariam de emitir 400 mil toneladas métricas de CO2 por ano - o equivalente a remover 72 mil veículos das ruas.

Até então, o título de maior usina solar do mundo pertencia a Shams 1, situada em Abu Dhabi (Emirados Árabes), e cuja capacidade gera 100 megawatts de energia. Agora, o empreendimento que pertence às companhias NRG Energy, BrightSource Energy e Google, tomou a primeira posição, depois de ter resolvido questões regulatórias e problemas jurídicos.

Leia mais em: www.tnsustentavel.com.br

 



Fonte: TN Sustentável
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar