acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
América do Sul

Investimento de até US$ 30 bi para evitar falta de gás

05/12/2005 | 00h00

O investimento necessário na cadeia de suprimento de gás natural na América do Sul para evitar a escassez de gás natural prevista para a região no próximo período de dois a quatro anos poderá chegar a US$ 30 bilhões. A avaliação é do vice-presidente de desenvolvimento de novos negócios para o Cone Sul da Shell Brasil, Duncan Van Bergen.

Segundo Van Berger, o déficit de gás natural no Brasil ficaria na faixa entre 15 milhões de m³ por dia e 30 milhões de m³ por dia. O executivo ressalta, entretanto, que a estimativa de déficit não considera a previsão de exploração e produção de gás natural nos campos nacionais.O déficit de gás da Argentina seria semelhante ao do Brasil e o do Chile seria maior, mas dependeria essencialmente das condições de exportação da Argentina.

Além de investimentos, a integração sul-americana necessitaria a celebração de cerca de 20 acordos multilaterais com o objetivo de harmonizar regras para investimentos, base de preços estáveis e competitivos.

O diretor de comercialização de gás para Bolívia e Brasil da Repsol-YPF, Luiz Alberto Santos, também enumerou alguns projetos necessários para a integração regional que totalizariam cerca de US$ 12 bilhões. Os principais projetos citados por Santos são o desenvolvimento da Bolívia, ampliação da rede de gás da Argentina e ampliação do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol).



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar