OTC 2024

IBP, Petrobras e APEX Brasil fomentam novos negócios para a indústria naval brasileira

Encontro promovido pela Petrobras, IBP e APEX Brasil reuniu fornecedores brasileiros e investidores internacionais para fomentar novos negócios no setor . OTC Houston 2024

Redação TN Petróleo, Agência Petrobras
08/05/2024 18:55
IBP, Petrobras e APEX Brasil fomentam novos negócios para a indústria naval brasileira Imagem: Gustavo Galbatto/Agência Petrobras Visualizações: 273 (0) (0) (0) (0)

O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) e a Petrobras, em parceria com a APEX Brasil, promoveram nesta terça-feira (07/05), em Houston (Texas, Estados Unidos), um encontro entre fornecedores brasileiros e investidores internacionais para fomentar novos negócios no setor naval. O evento ocorreu em paralelo à Offshore Technology Conference (OTC), maior feira do setor de óleo e gás, que está sendo realizada em Houston.

“Maritime Industries Connections – Brazil Offshore Energy Sector Roundtable Business Meeting – Brazilian Shipyards Map” reuniu líderes da indústria para discutir parcerias estratégicas que visam revitalizar e modernizar a indústria naval e marítima brasileira. Participaram do encontro o presidente do IBP, Roberto Ardenghy (foto), o diretor de Engenharia, Tecnologia e Inovação da Petrobras, Carlos José Travassos, e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates (foto).

“Desejamos apoiar sempre a indústria nacional para ampliar sua competitividade e oportunidades de negócios. Esta iniciativa é uma oportunidade para empresas brasileiras reforçarem seu compromisso com entregas de qualidade e excelência dentro de um mercado segmentado, aquecido e com demanda cada vez mais direcionada para soluções de baixo carbono”, comentou Ardenghy.

"Pela primeira vez estamos promovendo um encontro entre os principais fornecedores brasileiros e estrangeiros da indústria offshore. Juntos na mesma mesa, os estaleiros nacionais terão a oportunidade de apresentar aos seus pares internacionais sua capacidade de construção e de atuar em parceria com empresas estrangeiras”, disse Jean Paul Prates.

“Conhecemos o potencial dos estaleiros nacionais para atender às demandas da Petrobras e vemos oportunidade para crescimento desse segmento. Com essa iniciativa, estamos aproximando players que podem atuar juntos para garantir o atendimento aos requisitos de conteúdo local previsto nos contratos”, declarou Carlos Travassos.

O encontro reuniu 36 empresas do Brasil e de 18 de outros países, além de entidades do setor.

Mapa de Estaleiros

Recentemente, em um trabalho conjunto com empresas associadas e o Sinaval, o IBP lançou o Mapa de Estaleiros, que é composto por um painel intuitivo com oportunidade para filtrar a pesquisa por estaleiros aptos para produzir FPSOs, diferentes embarcações ou mostrar seus dados, como posição geográfica, capacidade de movimentação de aço e porte de todo Brasil, sempre atualizado em tempo real. O objetivo é que armadores, petroleiras e investidores conheçam toda infraestrutura dos estaleiros no país.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.