Resultado

Geração total de energia nas usinas da Eneva chega a 1.609 GWh no 1T24

Resultado é fruto da continuidade dos despachos termelétricos iniciados no terceiro trimestre

Redação TN Petróleo/Assessoria
29/04/2024 09:36
Geração total de energia nas usinas da Eneva chega a 1.609 GWh no 1T24 Imagem: Divulgação Visualizações: 191 (0) (0) (0) (0)

A geração total de energia bruta nas usinas da Eneva chegou a 1.609 gigawatts-hora (GWh), no 1T24. A informação consta no relatório operacional da companhia, divulgado nesta quinta-feira, dia 25.

O total de energia bruta gerado pelas termelétricas da companhia também cresceu nos primeiros três meses de 2024: foram 1.201 GWh, 101,2% a mais quando comparado ao período no ano anterior.

De acordo com o relatório, o resultado é fruto da continuidade dos despachos termelétricos entre janeiro e março deste ano. Isso ocorreu, principalmente, em virtude da elevação das temperaturas médias em grande parte do país, acompanhada de baixos volumes de precipitação nas regiões Norte e Nordeste.

No comunicado ao mercado, a Eneva destacou ainda a geração líquida de 355 GWh em despacho regulatório termelétrico para atendimento à ponta de carga; a disponibilidade média de 99% na UTE Jaguatirica II após conclusão da estabilização do sistema de liquefação; e a geração líquida de 248 GWh em operações de exportação de energia com volta da demanda argentina.

A exportação de energia termelétrica para Argentina foi concentrada principalmente entre o final de janeiro de 2024 e o início de fevereiro, com demanda média diária de 1,1 GWm nesse período. E a demanda por importação foi motivada pelo aumento repentino das temperaturas no país vizinho.
 

Geração Solar – Nos três primeiros meses deste ano, o complexo solar Futura, na Bahia, teve disponibilidade média de 94%, alcançando melhor desempenho frente ao trimestre anterior e dando continuidade à trajetória de crescimento de disponibilidade, após a estabilização do Complexo. A geração líquida do parque no 1T24 alcançou 405 GWh.
Produção de gás – A produção de gás natural no primeiro trimestre somou 0,26 bilhão de metros cúbicos, no 1T24, enquanto que no 1T23 foi de 0,13 bilhão de metros cúbicos. O aumento do volume de gás produzido no 1T24 frente ao 1T23 é resultado da maior demanda por gás das termelétricas para geração.
A companhia encerrou o 1T24 com um total de reservas 2P de gás natural de 47,4 bcm, sendo 37,4 bcm de reservas na Bacia do Parnaíba e 10,0 bcm na Bacia do Amazonas, no Campo de Azulão. Este volume reflete o saldo das reservas certificadas divulgadas em 15 de fevereiro de 2024 nos relatórios de certificação de reservas referentes a 31 de dezembro de 2023, descontando o consumo de gás acumulado no 1T24.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.