acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Macaé

Gás natural marca novo ciclo para Macaé

21/03/2019 | 09h13

Os investimentos anunciados pela Shell para transformar o gás natural produzido na Bacia de Campos em energia elétrica, através da construção da Usina Marlim Azul, estabelecem em Macaé um novo marco na sua história como parte fundamental para as operações da indústria do petróleo no Brasil.

Esse novo ciclo virtuoso foi destacado pelo prefeito Dr. Aluizio durante painel na avant première Brasil Offshore, realizado nesta terça-feira (19), na cidade.

Na apresentação, o prefeito apontou que a grande expectativa gerada pelas perspectivas positivas sobre o futuro do mercado do petróleo nacional é a retomada da geração de empregos.

“O que nós precisamos discutir hoje é o emprego. É necessário compreender que um profissional qualificado pela própria indústria vive hoje fora do mercado. A verdadeira retomada da indústria é a recuperação desses postos de trabalho. E acreditamos que o fim desse período conturbado é a chegada da Shell a Macaé”, destacou o prefeito.

Dr. Aluizio apontou também que a produção e processamento do gás natural extraído nas reservas da Bacia de Campos estabelecem em Macaé uma nova fase dentro da sua história como a única Capital Nacional do Petróleo no Brasil.

“Existe uma notícia velha no meio dessa novidade toda. O gás marca essa transição da indústria e encontra em Macaé a sua principal vocação. E essa não é uma oportunidade apenas da Shell, mas também da Petrobras que faz muito bem o seu papel e terá sempre todo o nosso respeito e admiração”, disse o prefeito.

Em relação à décima edição da Brasil Offshore, que acontece entre os dias 25 e 28 de junho deste ano, Dr. Aluizio afirmou que, após as fases de superação e da retomada, o evento será marcado pelo recomeço. “A feira que é da indústria do petróleo vai ser marcada pelo sentimento de que o pior já passou. E será o momento ideal para que possamos discutir a revitalização dos campos maduros com a pauta dos 5% dos royalties. É preciso manter o investimento na Bacia de Campos, gerando empregos, para evitar o processo de descomissionamento”, defendeu o prefeito.

Dr. Aluizio participou do segundo painel da avant primière, ao lado do secretário geral do Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP) Milton Costa, da gerente de petróleo, gás e naval da Firjan Karine Fragoso e do secretário de petróleo, gás natural e biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix.

Antes do painel, o prefeito se reuniu com o presidente da Shell no Brasil, André Araújo, com o diretor de Relações com o Governo da empresa, Flávio Ofugi, e com o diretor de Relações Externas da operadora, Glauco Paiva.



Fonte: Redação/Prefeitura de Macaé
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar