acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Bacia de Santos

FPSO Cidade de Itajaí, mais um marco de segurança

21/06/2016 | 14h43
FPSO Cidade de Itajaí, mais um marco de segurança
Almir Bindilatti Almir Bindilatti

O FPSO Cidade de Itajaí, operado pela joint-venture entre a Odebrecht Óleo e Gás e a Teekay, completou mais de um ano um ano sem acidentes com afastamento. Ao todo, foram computadas 367.516 hora-homem de exposição ao risco durante o período, que contou com uma parada total programada com duração de sete dias, duas paradas programadas do sistema de compressão de gás, além da troca de um dos turbos geradores de energia. Para manter o índice de sucesso, a cada dois meses a unidade recebe líderes da joint-venture, que atuam no reforço das boas práticas, na melhoria da percepção de riscos e no acompanhamento de ações mitigatórias e corretivas. Atualmente o FPSO Cidade de Itajaí está em operação no Campo de Baúna, na Bacia de Santos.

Subsidiária da Odebrecht que presta serviços para a indústria de petróleo e gás offshore, a OOG vem obtendo grandes conquistas no quesito segurança. A empresa fechou o ano de 2015 com índice de 1,4 na Taxa de Frequência de Acidentes Registráveis (TFIR) e ficou abaixo da média mundial da indústria para empresas prestadoras de serviço upstream, que foi de 1,6, de acordo com o último relatório da International Association of Oil & Gas Producers (IOGP). O índice da instituição calcula o número de incidentes registrados a cada um milhão de horas trabalhadas e avalia 52 empresas com atuação mundial, além de seus fornecedores.

 



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar