acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Firjan

Fim do operador único é fundamental para a geração de empregos

25/02/2016 | 10h14
Fim do operador único é fundamental para a geração de empregos
Agência Petrobras Agência Petrobras

A aprovação, pelo Senado, do projeto que flexibiliza as regras de exploração do pré-sal, liberando a Petrobras de ter participação mínima de 30% nos blocos de exploração e de ser a operadora única, representa um avanço. É um passo importante para estimular a retomada dos investimentos e dos empregos no mercado de Petróleo & Gás, que hoje enfrenta uma grave crise.

O setor tem uma cadeia de fornecedores que responde por 400 mil empregos diretos e indiretos em todo o Brasil. E no ano passado foram fechados mais de 24 mil postos de trabalho apenas no estado do Rio de Janeiro, contabilizando somente os dois primeiros elos da cadeia.

Assim, o Sistema FIRJAN acredita que a preocupação do Executivo com a geração de empregos dará mais velocidade à realização dos leilões e permitirá que empresas estrangeiras colaborem com a distribuição de riquezas de que o povo brasileiro precisa.

A Petrobras não teria hoje condições de assumir as responsabilidades previstas anos atrás. Apenas com a mudança das regras, através da transformação em Lei do projeto hoje aprovado pelo Senado, será possível a atração de investimentos privados, que já se iniciam imediatamente após o anúncio dos leilões de blocos exploratórios. É a partir da retomada da movimentação da cadeia de fornecedores que está a possibilidade de milhares de trabalhadores terem uma vida melhor no curto prazo.



Fonte: Assessoria Firjan
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar