acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Evonik inaugura nova planta na Argentina

01/11/2013 | 12h18

 

Evonik inaugura nova planta na Argentina
 
Ampliação da posição de liderança na produção de catalisadores para biodiesel
60.000 toneladas adicionais de capacidade anual
Aplicação de comprovada tecnologia de processo
 
 
Em 21 de outubro de 2013, a Evonik Industries, com sede em Essen (Alemanha), deu início às operações de uma nova planta de catalisadores para a produção de biodiesel na Argentina.  
  
Patrik Wohlhauser, membro da Diretoria Executiva da Evonik e responsável pela região sul-americana, destacou o significado estratégico do investimento na região: “Investimos na Argentina porque queremos nos beneficiar das chances de sucesso que o mercado sul-americano oferece no longo prazo. Como líderes mundiais no fornecimento de catalisadores para a produção de biodiesel, nosso objetivo é consolidar ainda mais e ampliar a nossa posição”, disse Wohlhauser na inauguração, e acrescentou: “O investimento constitui uma prova clara do nosso comprometimento com a América do Sul e um sinal da nossa estratégia de participar do crescimento da região”.
 
A nova unidade dispõe de uma capacidade de produção anual superior a 60.000 toneladas e produzirá alcoolatos prontos para aplicação como catalisadores na produção de biodiesel, com base em matérias-primas renováveis. A partir desta planta, deveremos futuramente abastecer principalmente os mercados argentino e brasileiro.  A nova fábrica da Evonik foi instalada dentro do complexo da empresa Terminal 6 S.A, que opera uma grande planta de biodiesel.
  
De acordo com Jan Van den Bergh, Diretor da unidade de negócios Advanced Intermediates da Evonik: “A fábrica foi instalada em Puerto General San Martín, na região de Rosário – em pleno coração da indústria de biodiesel na Argentina - com o objetivo de abastecer os nossos clientes na América do Sul com os nossos catalisadores de alta qualidade produzidos localmente”.
 
A Evonik possui longa experiência e comprovado know-how  na produção de catalisadores para a produção de biodiesel. Em 2009, a empresa inaugurou uma unidade de produção em Mobile (Alabama, EUA), que dispõe de uma capacidade anual de 60.000 toneladas. Nessa unidade, a Evonik abastece a demanda do mercado norte-americano de biodiesel.  Após o sucesso do emprego dessa nova tecnologia de produção nos EUA, as instalações da fábrica da Argentina seguiram o mesmo padrão. Nessa tecnologia, os alcoolatos são produzidos em uma reação direta entre álcool e soda cáustica.
 
Já hoje a Evonik detém posição de liderança mundial no segmento de catalisadores para biodiesel – também na América do Sul. “Com a nova fábrica fortalecemos os nossos negócios mundiais e na região”, esclareceu Weber Porto, presidente regional para a América do Sul. “Queremos participar do desenvolvimento do mercado de biodiesel, para o qual se prevê um bom crescimento no médio prazo”.
 
Na qualidade de líder mundial de mercado na produção de catalisadores especiais para a produção de biodiesel, a Evonik opera, além da fábrica de Mobile, uma unidade de produção no site alemão de Niederkassel-Lülsdorf, próximo a Colônia (Alemanha).
 
 

A Evonik Industries, com sede em Essen (Alemanha), deu início às operações de uma nova planta de catalisadores para a produção de biodiesel na Argentina. Patrik Wohlhauser, membro da Diretoria Executiva da Evonik e responsável pela região sul-americana, destacou o significado estratégico do investimento na região: “Investimos na Argentina porque queremos nos beneficiar das chances de sucesso que o mercado sul-americano oferece no longo prazo. Como líderes mundiais no fornecimento de catalisadores para a produção de biodiesel, nosso objetivo é consolidar ainda mais e ampliar a nossa posição”, disse Wohlhauser na inauguração, e acrescentou: “O investimento constitui uma prova clara do nosso comprometimento com a América do Sul e um sinal da nossa estratégia de participar do crescimento da região”.

A nova unidade dispõe de uma capacidade de produção anual superior a 60.000 toneladas e produzirá alcoolatos prontos para aplicação como catalisadores na produção de biodiesel, com base em matérias-primas renováveis. A partir desta planta, deveremos futuramente abastecer principalmente os mercados argentino e brasileiro.  A nova fábrica da Evonik foi instalada dentro do complexo da empresa Terminal 6 S.A, que opera uma grande planta de biodiesel.

De acordo com Jan Van den Bergh, Diretor da unidade de negócios Advanced Intermediates da Evonik: “A fábrica foi instalada em Puerto General San Martín, na região de Rosário – em pleno coração da indústria de biodiesel na Argentina - com o objetivo de abastecer os nossos clientes na América do Sul com os nossos catalisadores de alta qualidade produzidos localmente”.

A Evonik possui longa experiência e comprovado know-how  na produção de catalisadores para a produção de biodiesel. Em 2009, a empresa inaugurou uma unidade de produção em Mobile (Alabama, EUA), que dispõe de uma capacidade anual de 60.000 toneladas. Nessa unidade, a Evonik abastece a demanda do mercado norte-americano de biodiesel.  Após o sucesso do emprego dessa nova tecnologia de produção nos EUA, as instalações da fábrica da Argentina seguiram o mesmo padrão. Nessa tecnologia, os alcoolatos são produzidos em uma reação direta entre álcool e soda cáustica.

Já hoje a Evonik detém posição de liderança mundial no segmento de catalisadores para biodiesel – também na América do Sul. “Com a nova fábrica fortalecemos os nossos negócios mundiais e na região”, esclareceu Weber Porto, presidente regional para a América do Sul. “Queremos participar do desenvolvimento do mercado de biodiesel, para o qual se prevê um bom crescimento no médio prazo”.

Na qualidade de líder mundial de mercado na produção de catalisadores especiais para a produção de biodiesel, a Evonik opera, além da fábrica de Mobile, uma unidade de produção no site alemão de Niederkassel-Lülsdorf, próximo a Colônia (Alemanha).

 

 

 



Fonte: Redação TN/ Ascom Evonik
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar