acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
EUA

Estoques de petróleo dos EUA caem quase 13 mi barris com exportação em nível recorde

26/06/2019 | 16h25

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos caíram quase 13 milhões de barris na semana passada, maior recuo em cerca de três anos, com as exportações atingindo um nível recorde, disse a Administração de Informação de Energia (AIE) nesta quarta-feira.

Os estoques de petróleo tiveram queda de 12,8 milhões de barris na semana encerrada em 21 de junho, muito mais que a estimativa de analistas, de baixa de 2,5 milhões de barris. Foi o maior recuo desde setembro de 2016, segundo o braço de estatísticas do Departamento de Energia dos EUA.

Os estoques no centro de entrega de Cushing, em Oklahoma, caíram em 1,7 milhão de barris, disse a AIE.

Os preços do petróleo saltaram com a notícia, e os futuros nos EUA quase tocaram 60 dólares por barril pela primeira vez em um mês. O WTI subia cerca de 3% pouco após os dados serem divulgados, enquanto o Brent avançava mais de 2% no início da tarde.

“O relatório foi solidamente altista, com uma extraordinária redução de estoques em mais de 12 milhões de barris”, afirmou o sócio da Again Capital Management em Nova York, John Kilduff. “As importações de petróleo bruto caíram fortemente, enquanto as exportações subiram consideravelmente, fechando em quase 4 milhões de bpd.”

As exportações de petróleo pelos EUA subiram para 3,8 milhões de bpd na semana passada, um recorde, batendo marca anterior de 3,6 milhões de bpd em fevereiro. As importações líquidas dos EUA caíram em 1,2 milhão de barris por dia.

Os estoques de gasolina recuaram em 996.000 barris, ante expectativa de analistas em pesquisa da Reuters de alta de 288.000 barris.

Os futuros da gasolina nos EUA também ampliaram ganhos com os dados.



Fonte: Reuters, 26/06/2019
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar