acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sustentabilidade

Coppe inaugura Instituto Global para Tecnologias Verdes e Emprego

04/06/2012 | 17h40
A Coppe/UFRJ inaugurou nesta segunda-feira (4) o “Instituto Global para Tecnologias Verdes e Emprego”, cujo objetivo é ser fonte de subsídio técnico para o governo brasileiro e os programas das Nações Unidas. A abertura do evento, que faz parte da programação pré-Rio+20 da Coppe, contou com discurso do diretor executivo do Pnuma, Achim Steiner, que abordou o relatório da ONU sobre empregos relacionados a tecnologias sustentáveis.

A inauguração também contou com a participação da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; do chefe da Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Ministério das Relações Exteriores, embaixador André Lago; do governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral; do secretário de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc; do reitor da UFRJ, Carlos Antônio Levi; e do diretor da Coppe/UFRJ, Luiz Pinguelli Rosa.

Lançado com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente do estado do Rio de Janeiro e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), da ONU, o novo instituto, com sede no Parque Tecnológico da Cidade Universitária, vai integrar ações e atividades desenvolvidas na instituição voltadas para o desenvolvimento sustentável e a inclusão social. A iniciativa contribuirá para que o Rio de Janeiro dê mais um passo importante para se credenciar como centro de referência em pesquisas de tecnologias para o fomento da chamada economia verde.

O instituto será instalado em um prédio da Coppe, no Parque Tecnológico da UFRJ. O local também vai abrigar o Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC) e o Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC), ambos já sediados na Coppe e dedicados a estudos sobre clima e aquecimento global. Os laboratórios fornecerão infraestrutura técnica necessária para as pesquisas e estudos sobre os temas priorizados pelo instituto.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar