acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PPSA

Com um lucro líquido de R$ 30,95 milhões em 2018, Pré-Sal Petróleo distribui dividendos de R$ 6 milhões para a União

29/05/2019 | 15h46
Com um lucro líquido de R$ 30,95 milhões em 2018, Pré-Sal Petróleo distribui dividendos de R$ 6 milhões para a União
Divulgação Divulgação

Pela primeira vez em sua história, a Pré-Sal Petróleo distribuiu dividendos para a União. A empresa depositou R$ 6,78 milhões para a Coordenadoria Geral de Participações Societárias do Ministério da Economia referentes ao resultado financeiro de 2018.

No ano passado, a Pré-Sal Petróleo registrou um lucro líquido R$ 30,95 milhões, atingindo a marca de quatro anos consecutivos gerando resultados positivos.

A receita bruta de serviços pela gestão de contratos e representação da União totalizou R$ 45,07 milhões, tendo a empresa faturado a parcela dos bônus de assinatura relativas aos contratos assinados nas 2ª e 3ª Rodadas de Partilha de Produção, realizadas em 2017, no total de R$ 53,88 milhões, totalizando um faturamento anual bruto de R$ 98,95 milhões. A Pré-Sal Petróleo recuperou R$ 16,1 milhões em impostos, acumulou R$ 3 milhões em receitas financeiras e recebeu aporte de capital de R$ 6 milhões.

A companhia apurou lucro antes do Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro de R$ 46,66 milhões, registrando provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro de R$ 15,71 milhões. Segundo o diretor de Administração, Controle e Finanças, Leandro Leme, embora registre lucro há quatro anos, a empresa só ainda não havia distribuído dividendos porque tinha passivos anteriores a equacionar. “Procuramos manter uma estrutura enxuta de custos e rigor na gestão dos recursos financeiros, contribuindo positivamente para o equilíbrio das contas públicas”, completou.

Além dos dividendos, em 2018, a Pré-Sal Petróleo contribuiu com uma arrecadação de R$ 1,133 bilhão ao Tesouro Nacional. O montante é resultado da comercialização do quinhão da União nos volumes de produção da área de desenvolvimento de Mero, totalizando aproximadamente 200 mil m3 de petróleo, no valor de R$ 286 milhões, e da Equalização de Gastos e Volumes do Campo de Sapinhoá.

Maiores informações podem ser encontradas no Relatório Anual da Administração 2018 (https://www.presalpetroleo.gov.br/ppsa/conteudo/147_326_relatorio_anual_administracao_2018.pdf).



Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar