acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Distribuição

BR expande vendas em 2004

25/01/2005 | 00h00
A BR Distribuidora registrou aumento de 14,3% do volume de vendas em 2004, que totalizou 27,263 milhões de metros cúbicos de combustíveis negociados. Todos os segmentos em que a empresa atua registraram expansão no ano passado, com destaque para o álcool hidratado, com crescimento de 26%, seguido de diesel (17%), asfaltos (15%), lubrificantes (15%), gasolina (12%) e querosene de aviação (11%).
O faturamento líquido da empresa somou R$ 30,8 bilhões, o que significa um resultado 13% superior sobre 2003. Para se ter uma idéia do aumento do volume de vendas, o mercado dos produtos comercializados pela empresa cresceu 6,5%, com aumento de 5,7% no segmento de diesel e 5,4% no de gasolina.
O presidente da BR Distribuidora, Luiz Rodolfo Landim Machado, atribuiu o desempenho das vendas à expansão da economia brasileira em 2004, que deve ser superior a 5%. Também pesou no resultado a redução do número de liminares que permitiam o não recolhimento de ICMS e, conseqüentemente, a sonegação. "Em relação ao álcool hidratado houve um fator muito importante que foi a redução da alíquota de ICMS, resultou na formalização de muitas empresas que atuavam no setor", explicou Landim, referindo-se ao corte promovido no estado de São Paulo. "Mas é preciso destacar que esse resultado das vendas como um todo se deve ao esforço da empresa em melhorar o seu resultado", acrecentou.
A empresa fechou o ano passado com market share de 32,8%, sendo a maior expansão ocorrida na participação do mercado revendedor, que subiu de 22,9% para 24,6%. No segmento de grandes consumidores a fatia passou de 44,6% para 45%. A BR Distribuidora também apresentou aumento de participação no mercado de aviação (55,6% para 57%) e de asfaltos (38,7% para 40,3%).
Esses números não consideram os ativos da Agip do Brasil, cuja aquisição pela BR Distribuidora, por US$ 450 milhões, foi concluída em setembro do ano passado. A empresa adquirida – que fora batizada de Sophia do Brasil logo após a compra – teve seus ativos divididos em duas partes.
Toda a distribuição de gás liqüefeito de petróleo (GLP) da antiga Agip do Brasil passou a ser administrada por uma nova subisidiária integral da BR Distribuidora, a Liquigás Distribuidora S.A.. Já o segmento de postos, clientes, consumidores e lubrificantes permanece sob a administração da estatal, cujo lucro líquido em 2004 é estimado em R$ 525 milhões, já considerada a equivalência patrimonial da empresa adquirida.
A antiga Agip do Brasil registrou em 2004 faturamento líquido de R$ 7,6 bilhões, com volume de vendas de combustível de 2,171 milhões de metros cúbicos de combustível. Em relação ao mercado de GLP as vendas somaram 2,545 metros cúbicos, enquanto a BR Distribuidora negociou apenas 17 mil metros cúbicos.
Essa diferença representa a entrada da estatal como uma grande empresa no setor. Afinal, a Liquigás Distribuidora marca a sua estréia como o terceiro maior operador do mercado, com 21,4% do total, seguida penas da Ultragás (24,3%) e SHV (23,6%).
No segmento de combustíveis, a incorporação dos ativos Agip representaram a consolidação da liderança da BR Distribuidora, com uma fatia de 35,6%. A empresa absorveu mais 1.546 postos de serviços, que passaram a totalizar 8.331 pontos; adquiriu mais 577 grandes consumidores que serão somados aos 11 mil já existentes; e passa a ter mais uma fábrica de lubrificantes.
Para 2005 a BR Distribuidora anunciou investimentos de R$ 400 milhões, com um aumento de 33% em relação a 2004. Também estão nos planos da empresa a busca pela liderança no mercado de GLP, o início da implantação da imagem da BR na rede de postos adquiridos pela Agip e a ampliação da liderança no mercado de GNV, com a implantação de 91 novos postos, com investimentos da ordem de R$ 60 milhões.

Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar