acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Hidrelétrica

Aneel acredita em energia de Belo Monte em 2014

23/11/2009 | 09h46
O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner, disse nesta quinta-feira que apesar do adiamento do leilão da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará, ainda é possível iniciar a geração de energia da usina em 2014. "Achamos que mesmo fazendo o leilão no começo de janeiro (de 2010), teremos apenas um pouco mais de um mês de diferença. A gente acha que ainda dá para sair (a licença) e gerar energia em 2014", afirmou Hubner, que participou da solenidade de assinatura dos contratos de concessão de novas linhas de transmissão, que foram leiloadas pela agência em maio deste ano.


A ideia do governo era leiloar Belo Monte no dia 21 de dezembro, mas com a demora na liberação da licença ambiental pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o governo adiou o leilão para 2010.


A Aneel, que chegou a marcar para quinta-feira a reunião para aprovar o edital, mesmo sem a licença ambiental, agora vai esperar o aval do Ibama para agendar a data. "Vamos definir a data do leilão, assim que tivermos a licença, porque caso contrário a gente fica sempre mudando", afirmou Hubner.


O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que participou do mesmo evento de Hubner, fez uma espécie de desagravo ao setor de energia. "Nos últimos seis anos melhoramos o intercâmbio de energia, o que é fundamental para a segurança do sistema", afirmou Lobão. Segundo ele, os investimentos em novas linhas equivalem a "usinas virtuais", já que o transporte de energia de um lugar para outro pode substituir a necessidade de construção de novas usinas. Segundo Lobão, em breve o País terá 100 mil quilômetros de linhas. "Teremos, então, o maior sistema interligado do mundo", disse.


Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar